Homem é preso suspeito de latrocínio de taxista em Manaus

Edson Oliveira da Silva, 20, o ‘Abacate’ foi presos por policiais da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), por suspeita de participar do latrocínio, roubo seguido de morte, do taxista José Augusto Ferreira Pires, 45, morto a facadas no último dia 15 de maio, na zona leste de Manaus.

Na manhã de hoje (24), o delegado Adriano Felix, da DERFD, informou que Abacate foi preso através de um mandado de prisão da 9ª Vara Criminal. Ele foi encontrado na sexta-feira (20), na Rua Aratituba, bairro Tancredo Neves, zona leste.

Felix afirmou que três infratores entraram no táxi, se passando por passageiros e cometeram o latrocínio. Segundo o delegado, o trio usou uma faca para matar a vítima.

Ainda conforme Félix, as investigações começaram após o delito. “Deslocamos uma equipe da especializada para identificar os possíveis infratores do latrocínio. Realizamos várias incursões na área do fato em busca de indícios que levassem aos autores do crime”, disse.

Edson foi indiciado por latrocínio. Ele será encaminhado a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro. A policia ainda procura o presidiário do regime semiaberto Abraão Moraes da Silva, 23, e a companheira dele, Aline Silva da Silva, 21, que participaram do latrocínio.

Conforme o delegado, quem esfaqueou foi o Abraão. “A vítima teria reagido ao assalto e levaram só o celular”, comentou. Ele disse também que a polícia chegou até a autoria deles por meio de câmeras de vigilância no local do crime.

 

você pode gostar também