Homem é preso suspeito de sequestrar e manter ex-namorada em cárcere privado em Manaus

Polícia informou que suspeito não aceitava fim do relacionamento. Homem também é investigado por outra situação de cárcere privado com uma adolescente.

delegado adjunto da DEHS, Charles Araújo — Foto: Eliana Nascimento/G1 AM

Um homem de 30 anos foi preso nesta terça-feira (11), na Zona Leste de Manaus, suspeito de sequestrar e manter a ex-namorada, uma jovem de 19 anos, em cárcere privado. Ele invadiu a casa da vítima e arrastou a ex à força.

Segundo a Polícia Civil, ele não aceitava o fim do relacionamento. O namoro era conturbado com histórico de agressões contra a vítima, de acordo com a polícia.

O delegado adjunto da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Charles Araújo, contou que o suspeito foi preso na casa em que morava, bairro Tancredo Neves. Ele foi preso em cumprimento de mandado de prisão temporária.

Araújo explicou que a vítima teve um relacionamento com o suspeito por cerca de seis meses. “Era um relacionamento conturbado, a vítima já teria sofrido outras agressões físicas”, afirmou.

As investigações tiveram início a partir do momento que familiares da jovem foi até a delegacia registrar boletim sobre o sequestro da jovem – levada de casa sob ameaça do ex-namorado que utilizava uma arma de fogo -. O fato aconteceu no dia 18 de maio. Ela foi mantida trancada em uma casa no bairro Jorge Teixeira.

“Eles tinham um relacionamento amoroso, o que, para o autor, motivou o sequestro. Ele não aceitava o fim do relacionamento. As investigações apontam que ele teria ‘arrebatado’ a jovem, de forma violenta, da casa dos pais”, disse.

Conforme o delegado, com as investigações, o suspeito soube que a polícia estava à procura dele e, por isso, resolveu “libertar” a ex-namorada do cárcere. No entanto, antes disso, um mandado de prisão em nome do homem foi solicitado.

Nesta terça-feira (11), a Polícia Militar encontrou o suspeito em casa. No mesmo local, a polícia também encontrou uma adolescente de 17 anos trancada. Para a polícia, a menor contou que estaria lá por “vontade própria”.Também foram apreendidos com o homem, um colete balístico e um simulacro de arma de fogo. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito é investigado por dois casos que envolvem situações de cárcere privado.

No momento da prisão, o delegado disse que a versão dada pela adolescente causou “estranheza” pelo fato de ela estar trancada.

Para o delegado, o suspeito é obstinado nesse tipo de crime. “Constatamos que há outras passagens por crimes relacionados à Lei Maria da Penha em nome dele. Então, o fato de encontrarmos também essa menor trancada no local, nos faz crer que é acostumado a praticar o crime”, finaliza.

O homem será indiciado por sequestro e cárcere privado. Preso em cumprimento de mandado de prisão, ele será levado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT).

 

Com informações do g1
você pode gostar também