Homem sofre golpes de terçado e o autor do crime é baleado por PM, em Parintins

Foto: Reprodução.

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Na manhã deste sábado (27) Gilberto Gabriel Marinho Belém, de 20 anos, esfaqueou o Valdernildo Garcia da Bela, de 45 anos, no abdômen, em um bar situado no bairro Paulo Corrêa, em Parintins. Valdernildo foi conduzido ao hospital Padre Colombo onde passou por um procedimento cirúrgico e está em observação. Gilberto foi perseguido por conhecidos de Valdernildo que tentaram contra sua vida. O sargento da Polícia Militar, Mouro Coelho, interviu e teve que atirar em uma das pessoas que tentava matar Gilberto para efetuar a prisão da mesma e conter a situação.

Foto: Reprodução.

Gilberto disse que tentou tirar a vida de Valdernildo ao saber que o mesmo queria lhe matar. Gilberto foi perseguido por conhecidos de Valdernildo onde foi interceptado nas proximidades do centro de saúde Irmão Francisco Galliani, no bairro Itaúna 2, onde foi agredido com estacas, faca e terçado. “Primeiro veio um cara com uma faca e eles correram atrás de mim. Quando ele ia dar a facada eu desviei e ele caiu no chão e saí correndo desesperado. Chegando perto do Galianni comecei a provocar quando vi já estavam perto de mim e peguei umas terçadadas foi quando chegaram os policiais e parou tudo”, relatou Gilberto.

Quem estava com o terçado era o genro de Valdernildo, o Vitor Lucas Rocha Carneiro, de 20 anos, que se recusou a deixar o terçado a pedido do sargento da PM, Mouro Coelho e acabou sendo baleado pelo mesmo na coxa direita. Vitor não quis gravar entrevista.

Mouro Coelho relatou que estava almoçando na casa do sogro quando viu os elementos em perseguição de Gilberto na Rua Messias Augusto onde dobraram na Rua Geny Bentes, dobrando em seguida na Rua Vinte e Quatro de Janeiro quando interceptaram Gilberto nas proximidades do centro de saúde Irmão Frascisco Galianni, no bairro Itaúna 2. O sargento estava de serviço e no momento do ocorrido estava na hora do almoço.

“No momento que estava almoçando passaram vários elementos correndo atrás de outro cidadão e avistei dois elementos, um com uma faca e outro com terçado. Fui para a rua e pedi apoio de um cidadão que passava de moto para acompanhar aquela situação. Quando cheguei ao local, ao mesmo tempo com o cara que estava com o terçado, o rapaz começou a desferir os golpes no outro rapaz que estava no chão. Nesse momento que eu intervi. Eu desci da moto e fui em direção dele e pedi para ele soltar o terçado. O mesmo só olhou para mim e continuou a cortar o rapaz. Foi nesse momento que efetuei o disparo e ele caiu. Em seguida dei voz de prisão para o mesmo e tirei o terçado dele”, falou o PM.

Mouro recebeu ainda o apoio de seu cunhado, que também é policial, em que capturou outro elemento que estava com a faca e em seguida chegou a equipe da Força Tática do 11° Batalhão da Polícia Militar para dar suporte. O elemento que estava com a faca foi preso e conduzido para a 3ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP).

Foto: Henrique Aporcino.

Vitor e Gilberto foram conduzidos ao hospital Padre Colombo para receberem cuidados médicos e logo depois foram presos e apresentados na 3ª DIP. Uma faca e o terçado foram apreendidos.

Foto: Gilson Almeida.
você pode gostar também