Homossexual é morto com requintes de crueldade em Parintins

Pouco divulgado nos meios de comunicação, o assassinato, com requintes de crueldade, do homossexual Antônio Castro Gonçalves, 67, conhecido por “Burrinha”, encontrado morto no final da tarde de domingo, 23, pode ser mais um fadado ao esquecimento.

A polícia investiga a possibilidade de latrocínio, assalto seguido de morte, mas outras evidências são postas à mesa por pessoas que acompanhavam a rotina de vida da vítima.

A Associação de Gays Lésbicas e Travestis de Parintins manifestou tristeza e repúdio à crueldade com que Antônio foi morto, segundo o presidente Fernando Moraes, “mais uma morte de homossexual com Requinte de crueldade”. A entidade recorreu à defensoria pública e à delegacia de Polícia em buscas de esclarecimentos esclarecimento sobre esse crime.

Antônio Castro morava sozinho e, segundo informações “várias pessoas frequentavam sua casa e a única hipótese que pode nos ajudar no esclarecimento da morte do homossexual conhecido como o ‘Burrinha’ é só um aparelho de televisão de LED, de 40 polegadas, e o seu celular, levados pelo autor do crime”.

O corpo de “Burrinha” foi encontrado no quarto onde morava, na Rua Lindolfo Monteverde, Bairro São José Operário. Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada através do Centro de Operações da Polícia Militar para averiguar denúncia de tentativa de arrombamento. No local se encontravam várias pessoas e informaram que possivelmente o cidadão morador do quarto estaria morto.

Ao adentrar no quarto, os policiais observaram uma perfuração no pescoço, lado esquerdo podendo ser causado por uma faca. Após a chegada da equipe da Polícia Civil e do IML, foi possível constatar que a vítima sofreu oito (08) estocadas no corpo. Sendo duas estocadas no pescoço, uma em cada lado, três no tórax, duas no abdômen e uma na costa.

Para o auxiliar de necropsia da equipe do IML, Benedito Pimentel, de acordo com o estado do corpo, estima-se que o crime tenha ocorrido entre as 10h e 12h do mesmo dia em que o corpo foi encontrado, domingo, dia 23.

Por Floriano Lins | Plantão Popular

Foto: Reprodução what

você pode gostar também