Hospital de Maués comemora maior alta de pacientes com Covid-19 desde o início da pandemia

Foto: Rodrigo Negreiros

Maués (AM) – Nesta quarta-feira, 13, a equipe médica do Hospital Raimunda Francisca Dinelli, em Maués, deu alta domiciliar para mais cinco pacientes que estavam internados em estado grave, por causa da Covid-19. Quatro deles são idosos de 63 a 73 anos. O mais novo tem 36 anos.


Dos 200 casos confirmados, 144 já estão fora do período de transmissão. Para o prefeito de Maués, Junior Leite, esse resultado positivo se deve a muito trabalho, investimentos certos e a dedicação dos profissionais de saúde que estão na linha de frente contra a doença.

Aldízio dos Santos, de 36 anos, que ficou 24 dias internado é o mais jovem dos pacientes a receber alta hoje. “Quero agradecer a Deus e a equipe médica maravilhosa que trabalha no hospital que não mediu esforços para garantir a minha recuperação”, disse.

“Graças a humanização do atendimento e comprometimento dos profissionais de saúde, estamos conseguindo salvar muitas vidas. A Prefeitura de Maués faz a sua parte garantindo todos os investimentos necessários para comprar mais equipamentos e melhorar a estrutura do hospital e demais unidades de saúde”, ressaltou.

Os dois primeiros casos de Covid-19 foram confirmados no dia 09 de abril e, em 34 dias, o número subiu para 200, 07 na Zona Rural e 05 na Área Indígena Sateré-Mawé. Todos os pacientes e familiares que estão em isolamento domiciliar na zona rural recebem acompanhamento de profissionais de saúde nas comunidades.

Investimentos

Durante a pandemia, a Prefeitura de Maués investiu mais de R$ 500 mil na saúde para a compra de uma nova ambulância rodoviária que realiza o atendimento exclusivo de pacientes com Covid-19, equipamentos como gasômetro, respiradores e cápsulas de respiração não-invasiva Vanessa que também já estão sendo fabricadas no Município com autorização do Grupo Samel e Instituto Transire.

Maués também decretou medidas restritivas para o horário de funcionamento do comércio, apenas estabelecimentos com serviços essenciais podem funcionar de segunda a sexta, das 07h às 17h. Aos finais de semana, a recomendação é que as portas não abram e só funcionem por meio de atendimento delivery.

Barreiras Sanitárias também foram montadas em todas as entradas do município, como área portuária, aeroporto e estradas vicinais, para impedir o desembarque indiscriminado de passageiros. A noite, há ainda toque de recolher para a população das 19h às 06h.

Outra ação que vem surtindo efeito positivo é a desinfecção das vias públicas com maior fluxo de pessoas, unidades de saúde e hospital, como forma de frear o avanço dos casos de infecção por Covid-19.

“Mais um dia de vitórias . Tivemos hoje em Maues a maior alta de pacientes de covid-19 do Hospital Dona Mundiquinha desde o início da pandemia. Foram 5 pacientes que entraram com sintomas graves respiratórios e receberam todos os cuidados dos nossos profissionais de saúde”, disse Júnior Leite.

A Prefeitura de Maués faz todos os investimentos necessários para ampliar os atendimentos e garantir que a maioria dos pacientes sejam cuidados e recuperados no município. “São imagens como essas que nos enchem de esperança e força para continuar trabalhando. Que Deus nos abençoes”, afirmou.

você pode gostar também