-Publi-A-

Hospital Padre Colombo retoma atendimento de emergência

Foto: Liam Cavalcante.

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Parintins (AM) – O Hospital Padre Colombo, administrado pela Diocese de Parintins, segundo o bispo Dom Giuliano Frigenni irá retomar o atendimento de emergência a partir desta quarta-feira, 2. A unidade anunciou na noite de ontem a redução dos atendimentos por falta de verba. A decisão da reabertura da emergência se deu na reunião realizada nesta terça-feira (01/12) na Prefeitura do município. Participaram da reunião o bispo Dom Giuliano Frigenni, o prefeito Bi Garcia, o secretário municipal de Saúde, Clerton Rodrigues, o Ministério Público, a Defensoria Pública, a coordenadora da Vigilância em Saúde, Elaine Pires, entre outros.

Foto: Gilson Almeida.

Além disso, Bi Garcia garantiu o repasse de R$ 100 mil ao Hospital Padre Colombo para manutenção da emergência durante o mês de dezembro, tendo em vista a possibilidade do convênio do Governo do Estado com o hospital ser renovado em janeiro.

“O município hoje é o maior parceiro do Hospital Padre Colombo e esse impasse é devido a algumas despesas que o hospital não está conseguindo arcar. O hospital recebe recurso do SUS (Sistema Único de Saúde), tem a maioria de seus profissionais pagos pela Prefeitura e também tem funcionários da Secretaria de Estado de Saúde e recebe um recurso mensal de aproximadamente R$ 230 mil”, disse Bi Garcia.

“Mas tem outras demandas que ele não consegue ter recursos e nós estamos trabalhando junto ao Governo do Estado para que melhore esse repasse. Nós conseguimos desbloquear aquele convênio e passa a ser fundo a fundo. Portanto é repassado para o Fundo Municipal de Saúde e nós repassamos automaticamente para o hospital. A qualquer momento esses recursos entram na conta na ordem de quase R$ 650 mil referente a três parcelas. Portanto nós vamos trabalhar em janeiro com o Dom Giuliano junto ao governador Wilson Lima para melhorar o apoio do Governo do Estado ao funcionamento do Hospital Padre Colombo”, prosseguiu.

Foto: Gilson Almeida.

O bispo Dom Giuliano Frigeni destacou que buscará o apoio ao Governo do Estado principalmente para honrar o pagamento dos profissionais de saúde. “Vamos especificar mais no atendimento às gestantes, na odontologia, na cirurgia e depois continuar a atender a emergência”, explicou o bispo.

A promotora de Justiça, Eliane Guedes, disse que o MPAM reforçará o pedido feito na Ação Civil Pública contra o Governo do Estado “para que ele assuma o papel dele no funcionamento do hospital”.

Após o término da reunião, o prefeito Bi Garcia entregou ao Hospital Padre Colombo 02 monitores cardíacos e 01 bisturi eletrônico, frutos de emenda parlamentar do deputado estadual José Ricardo.

Foto: Gilson Almeida.
você pode gostar também