Inscrito pela esposa, morador de Parintins ganha R$ 5 mil no Sorteio Mensal da Nota Fiscal Amazonense

Morador da Zona Rural de Parintins, Feliciano de Souza Coelho não acreditava muito na própria sorte. Mas foi surpreendido ao ganhar R$ 5 mil no Sorteio Mensal Campanha Nota Fiscal Amazonense realizado no mês de abril.

Promovida pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-AM), a Nota Fiscal Amazonense busca incentivar a exigência da nota fiscal de consumo (NFC-e), com o objetivo de estimular a cidadania fiscal com três tipos de sorteio de prêmios em dinheiro – diários, mensais e anuais, com prêmios que variam de R$ 200 a R$ 20 mil.

Foi no sorteio mensal, do mês de abril, que Feliciano foi vencedor de um dos prêmios de R$ 5 mil, dos dez sorteados mensalmente. Nesta modalidade da campanha, há ainda o sorteio de dois prêmios de R$ 10 mil e um de R$ 20 mil.

Cadastrado na campanha pela esposa, a manicure Lidiane, a notícia do prêmio pegou Feliciano de surpresa. “Foi minha esposa que me cadastrou. Eu nem sabia. Foi uma surpresa muito grande para mim. Estou muito feliz”, disse ele. Segundo Lidiane, Feliciano é um pai dedicado na criação de Antônio, um jovem de 17 anos com deficiência física e intelectual moderada.

Como a campanha também premia entidades sociais indicadas pelos consumidores no ato de sua inscrição na campanha, a manicure “apadrinhou” a Adefa (Associação dos Deficientes Físicos do Amazonas), que foi contemplada com um prêmio de R$ 2 mil. Na NFA, mais de cem entidades sociais recebem prêmios paralelos, equivalentes a 40% do valor dado ao consumidor pessoa física, porém pago à parte do que é recebido pelo cidadão.

“Como meu filho é deficiente, coloquei uma instituição de pessoas com deficiência, porque eu sei da dificuldade das instituições”, diz Lidiane, que, após confirmar a notícia do prêmio, inscreveu o CPF do filho e indicou a Associação Pestalozzi de Parintins. “Fiquei muito feliz pela vitória do meu pai”, disse Antônio, que já sonha com a moto e com as aulas de natação que a família agora pode custear com o valor do prêmio. “Agora ele vai poder me colocar num esporte, numa natação, para melhorar minha coluna”, comemora.

você pode gostar também
..