Interrogatório de detentos busca evidências para elucidar mortes no presídio

Claudenor Silva Souza, o Bartolo, Enderson Pereira dos Santos, o Cabeça, Janderson Almeida Pantoja, o Sexi, e Sérgio Costa Ramos, o Bacabinha. Os quatro detentos foram os primeiros interrogados na Delegacia de Polícia Civil, na madrugada desta quarta-feira, 28/11. Eles compartilhavam cela com os irmãos Victor César Souza Vieira, 21 anos, e Alexsander Souza Vieira, 25 anos, encontrados mortos dentro do banheiro, na Unidade Prisional de Parintins, na noite de terça-feira, 27/11.
De acordo com o delegado de Polícia Civil, Adilson Cunha, pequenas lesões detectadas nos detentos podem indicar algum embate corporal com as vítimas de um possível assassinato. Os quatro passaram pelo exame de corpo de delito, antes de voltarem para a Unidade Prisional de Parintins. “Esperamos que, com esse interrogatório, a gente consiga ter as informações preliminares, as primeiras pistas, para se descobrir os verdadeiros autores do crime”, adiantou o delegado.
Ao Parintins 24 Horas, Adilson Cunha informou que mais oito detentos também vão prestar depoimento para a Polícia Civil descobrir, o mais rápido possível, quem foram os autores e os mandantes do crime. Ao todo, 12 presidiários estavam na cela. Os irmãos Alexsander e Victor César deram entrada na Unidade Prisional, na tarde de segunda-feira, 26/11, sob custódia da Vara de Execuções Penais, pelo crime de assassinato de Eduardo Jorge Kataki, 25 anos, praticado no dia 24 de novembro.
Foto: Gerlean Brasil
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here