-Publi-A-

Israel Paulain afirma que policiais militares são tendenciosos em Nhamundá

Israel Paulain durante campanha.

Da Redação | 24 horas

[email protected]

“Não sou violento e nunca comungarei da violência. A minha trajetória de vida confirma isso”. Assim o candidato à prefeitura de Nhamundá Israel Paulain (PMDB) inicia o seu desabafo contra a acusação de incitar a violência e mandar agredir adversários políticos.

O candidato também afirma que está sendo vitima de denuncias supostamente mentirosas feitas, segundo ele, por policiais militares que atuam no município. “As acusações tendenciosas e infundadas por parte de policiais militares que deveriam honrar sua farda e não tomar partido descaradamente na eleição aqui em Nhamundá, querendo imputar a mim a prática já conhecida do meu adversário, tentando distorcer os fatos e disseminar inverdades à minha pessoa nas redes sociais, me obriga a defender minha honra publicamente, diante da minha história construída acima de tudo com muita humildade, perseverança, responsabilidade, lealdade, respeito aos meus princípios e de todos ao longo desses 33 anos de vida, e assim seguirei meu caminho sempre”, afirmou Paulain.

Ele conclui assegurando que “todos os procedimentos já estão sendo tomados”.

Antes da declaração de Israel Paulain, o prefeito Nenem Machado (Pros), candidato a reeleição também se pronunciou sobre os últimos acontecimentos em Nhamundá. “Diante dos últimos fatos acontecidos em nosso município quero prestar minha solidariedade e meu apoio ao amigo e candidato a vereador Carvalho, ele que sofreu agressões físicas e por muito pouco não teve sua casa invadida por vândalos”.

você pode gostar também