-Publi-A-

ISS passa sobre o céu da Região do Norte do Brasil

Figura 01: Estação Espacial Internacional – durante esses dias a ISS está a cruzar o céu brasileiro. Créditos da Imagem: NASA.

 

A Estação Espacial Internacional [do inglês: International Space Station, por isso, conhecida pela sigla ISS] está a cruzar o céu brasileiro. E em particular, o céu do Amazonas. Logo, ela poderá ser vista de qualquer um dos 62 municípios amazonenses.

Para facilitar a sua vida, o NEPA/UEA/CNPq irá detalhar para si a melhor data e horário para você observar a ISS.

Figura 02: A ISS aparecerá bem ao horizonte e não poderá ser avistada por volta de 31º. Créditos da Imagem: NASA.
Figura 02: A ISS aparecerá bem ao horizonte e não poderá ser avistada por volta de 31º. Créditos da Imagem: NASA.

Como mostrado na figura 02, a ISS poderá ser avistada desde o horizonte até uma altitude de 31º ao longo do Norte do Este. O trajecto é percorrido rapidamente, portanto, a ISS ficará visível durante alguns segundos até 6min. No caso particular de Parintins, a ISS aparecerá do lado da Cidade Garantido, logo após o pôr do Sol e seguirá em direcção ao clube do Caprichoso.

03

04

05

Figura 03: Rosa dos ventos- a mostrar a abreviatura dos pontos cardeais, colaterais e subcolaterais.
Figura 03: Rosa dos ventos- a mostrar a abreviatura dos pontos cardeais, colaterais e subcolaterais.

O vilão da observação de hoje e dos próximos dias é justamente o tempo instável. Vejamos as previsões para Manaus, Parintins, Maués, Ipixuna, Rio Branco/AC e Boa Vista/RR.1

2

3

4

5

6

Alguns dados que refletem a tecnologia aeroespacial que a humanidade já desenvolveu: a ISS é tripulada por 6 pessoas, o campo gravítico que está  a actuar sobre ela tem intensidade de  8,4 m/s2  e   ela se encontra a uma  altura média da superfície da Terra de 340,5 km. Realiza 15,7 órbitas/dia, sua velocidade média é de 7,7 km/s (27,7 mil km/h) e sua  massa é de 420 Toneladas, a temperatura na ISS é aproximadamente de 27ºC.

Portanto, quem tiver a oportunidade de  observar a ISS, divirtam-se! Mas lembrem-se, a ISS não gastará mais que 6min para atravessar o céu, ok?

Dr. Nélio Sasaki – Doutor em Astrofísica, Líder do NEPA, Membro da SAB, Membro da ABP, Membro da SBPC, Membro da SBF, membro da AIU, membro da PLOAD, Revisor da Revista Areté, Revisor da Revista Eletrônica IODA, Revisor ad hoc do PCE/FAPEAM, Coordenador do Planetário Digital de Parintins, Coordenador do Planetário Digital de Manaus, Professor Adjunto da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

você pode gostar também