Jô Soares revela que foi convidado para se candidatar à presidência da República

Apresentador foi convidado por político ligado a Sarney Foto:Globo/Ramón Vasconcelos

Na edição de seu programa da última quinta-feira (31/3), o apresentador Jô Soares, que recentemente virou alvo de polêmica por suas opiniões políticas, revelou que já foi convidado para se candidatar à presidência da República.

“Eu estava tomando café no aeroporto, e o Roberto Cardoso Alves [ex-deputado federal e ministro do governo Sarney] se aproximou e me convidou para ser candidato à presidência da República”, contou, durante entrevista com a jornalista Marília Gabriela.

“Eu disse. ‘Vocês estão loucos. Não tenho competência nem para ser vereador. Eu não sei nem o que é questão de ordem. Meu negócio é observar, comentar e analisar os fatos políticos. Jamais teria coragem”, completou.

Mesmo após a negativa, o ex-deputado insistiu e tentou convencer o apresentador a se tornar candidato para sair como vice-presidente na chapa do Sarney e continuar no programa. “Imagina que conceito esse homem [Roberto], já falecido infelizmente, tinha sobre a política. Como um homem pode ser vice-presidente e fazer o programa? Eu falei: ‘Desculpa, isso é inaceitável'”.

Marília Gabriela também disse ter sido convidada para entrar na política. “Não me pergunte o partido, mas eu lembro de terem me procurado para eu me candidatar a senadora. Eu falei que não. Nunca pretendi isso para mim. Fiquei surpresa, achei um pouco leviano”, afirmou.

Depois de muitos anos na TV, a jornalista se prepara para estrear um projeto multiplataforma na internet, que deve reunir conteúdos como entrevistas, textos e, eventualmente, viagens. “É um desafio que eu me impus, porque andava um pouco desmotivada”, esclareceu.

“A internet é uma novidade para mim. Estou aprendendo e sentindo um medinho, talvez, mais forte do que o que eu senti lá trás quando fui começar na TV”, completou.

você pode gostar também