-Publi-A-

“Jornal Nacional” apresenta cenário futurista e promete integração de TV e internet

Crédito:TV Globo/Reprodução

A Rede Globo estreou nesta segunda-feira, 19,  seu “novo Jornal Nacional”, como foi chamado por William Bonner e Renata Vasconcellos. O noticiário agora fica alocado no centro de uma redação de 1.370 m², a qual integra equipes de TV e internet para promover uma maior integração entre as mídias.

A primeira mudança que pôde ser notada é que a trilha tradicional do “JN” ganhou uma versão mais orquestrada. No cenário ficaram evidentes traços de um design futurista, que corroboram com a proposta divulgada que é de colocar a “tenologia a serviço da notícia”. O primeiro bloco do noticiário foi dedicado a apresentar as novidades do novo estúdio, localizado no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, na zona sul da cidade.

Membros da alta cúpula da emissora marcaram presença, como Carlos Henrique Schroeder, diretor-geral, e Roberto Irineu Marinho, presidente do grupo. “É significativo que no auge de um período crítico da vida nacional, estejamos inaugurando um moderno estúdio de jornalismo da Globo”, disse Marinho.

Do Portal Imprensa

você pode gostar também