-Publi-A-

Jornalista amazonense ingressa na Academia Internacional de Artes, Letras e Ciências, atuante em 16 países

O jornalista, compositor e escritor amazonense, Náferson Cruz foi empossado como novo membro correspondente da Academia Internacional de Artes, Letras e Ciências (Alpas 21). Ele vai ocupar a Cadeira de número 42. Em razão da pandemia, a cerimônia foi realizada por meio de videoconferência, presidida pela escritora Rozelia Scheifler Rasia, na noite de sábado, 26/06.

Na ocasião foram anunciados os vencedores do 34º Concurso Literário Internacional Alpas 21, que homenageou o autor Lopito Feijó, de Angola. Neste certame, Náferson Cruz recebeu prêmio de destaque pelo terceiro lugar na Categoria Conto, com o texto “A árvore cantante e o voo de Suyákayami”. “A narrativa enfatiza a preservação da Amazônia e a luta de Suyá, jovem índia, para estancar o desmatamento da floresta. Para isso, ela adentra um tronco de árvore e assim inicia a saga pela vida”, explica o escritor.

Em relação a mais nova honraria concedida pela Alpas 21, Náferson Cruz, ressalta: “A Alpa 21 tem um trabalho muito belo e estou honrado em fazer parte desta orbe acadêmica, cujo meu ingresso se deu pela difusão da cultura, do jornalismo e da literatura na Amazônia, ao longo de quase duas décadas”, pontuou o jornalista.

Sediada no município de Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, a Alpas 21 tem no seu rol de membros, autores brasileiros e estrangeiros de 16 países.

O jornalista, também é membro da Academia de Letras e Culturas da Amazônia (Alcama). Em 2018 recebeu “Menção Honrosa” no Prêmio Sarau Brasil. No mesmo ano foi um dos 30 poetas da Amazônia selecionado para compor o projeto “Jaçana – Poéticas Sobre as Águas”, desenvolvido pela Editora Parágrafro, em Bragança , no Pará.

É compositor de mais de 30 obras para o aclamado Festival Folclórico de Parintins, dos bois Garantido e Caprichoso. Foi correspondente do UOL/Folha de São Paulo no Amazonas. Atuou nos jornais: O Estado Amazonas, A Crítica, Diário do Amazonas, Dez Minutos, A Tarde, Amazonas Em Tempo e nos portais BNC e Revista Cenarium.

No jornalismo, Náferson Cruz, venceu do Prêmio Nacional de Jornalismo – Ministério Público do Trabalho (MPT), categoria Web, em 2016. Também recebeu indicações aos prêmios: Embratel Nacional de Jornalismo, Onça Pintada de Jornalismo e Milton Cordeiro de Jornalismo, Regional Norte. Recentemente lançou os livros “Baiawi das Ventanias”, que está na segunda edição, e “Guardiões – Tempos Surreais”.

você pode gostar também