Jornalista volta a ser preso por extorsão no Mato Grosso

O jornalista Antônio Carlos Milas de Oliveira, proprietário do Grupo Milas de Comunicação, foi preso novamente pela Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz), na última sexta-feira (11/11), suspeito de extorquir um empresário em Cuiabá (MT). 

De acordo com o G1, a Polícia Civil informou que ele teria exigido o pagamento de R$ 600 mil para não noticiar um determinado conteúdo em seus veículos. Oliveira teria confessado ao delegado que procurou o empresário por intermédio de um advogado, mas negou que tenha praticado extorsão.
O jornalista havia sido preso em março deste ano, mas foi liberado em maio, após uma determinação da Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.
Segundo a Polícia Civil, o empresário já constava como uma das vítimas da investigação que resultou na operação deflagrada em março deste ano. De acordo com o delegado Anderson Veiga, o crime teria ocorrido em 11 de outubro.
você pode gostar também