Juíza proíbe meninas de usarem ‘roupas indecentes’ no festival de Barreirinha

Meninas, menores de 18 anos, estão vetadas de vestirem minissaias, tops ou outras roupas semelhantes, durante a realização do 31º Festival Folclórico de Barreirinha, de 24 à 26 de outubro. A decisão é da juíza de direito da Comarca de Barreirinha, Larissa Padilha Roriz Penna.

Conforme a Portaria 11/2019, de 09 de outubro, a multa para o descumprimento da medida judicial é de R$ 500,00. A regra dos trajes é descrita no artigo segundo do documento publicado no Diário Oficial do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), na quinta-feira, 17 de outubro.

Na portaria, a magistrada resolve “proibir a participação de menores de 18 anos de idade no referido espetáculo com trajes, tais como minissaias, tops, etc, que atentem contra a sua integridade moral”.

A informação ganhou repercussão na imprensa estadual, no Jornal Diário do Amazonas e Portal D24am, em matéria assinada pelo jornalista Alisson Castro, no domingo, 20.

você pode gostar também