-Publi-A-

Justiça decreta prisão preventiva contra réu confesso da morte de fisioterapeuta

O acusado de homicídio do fisioterapeuta Hugo Dias, Alexandro Barros de Souza, 23 anos, foi preso preventivamente na manhã desta quarta-feira, (22/05). Investigadores da Polícia Civil cumpriram o mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça de Parintins.
Alexandro Barros confessou o assassinato do fisioterapeuta e havia sido solto para o responder o processo em liberdade, sob a alegação de não ter sido preso em situação de flagrante. O acusado do crime já está na carceragem da Delegacia de Polícia Civil a disposição da Justiça.
você pode gostar também