-Publi-A-

Justiça determina que IstoÉ conceda direito de resposta a Dilma: “Mau jornalismo

A ex-presidente Dilma Rousseff venceu na Justiça ação cível contra a Editora Três, responsável pela IstoÉ. A revista será obrigada a dar direito de resposta a petista por matéria veiculada em julho de 2016, cujo título era: “Mordomia: carros oficiais a serviço da família Dilma”. Uma das justificativas apresentadas na sentença é que a publicação pratica “mau jornalismo”.

De acordo com informações do site da revista Fórum, a editora está sujeita a multa de R$ 20 mil se descumprir a sentença, publicada na última sexta-feira, 14, pela juíza Karla Aveline de Oliveira. A magistrada da Vara Cível do Foro Rgional Tristeza ainda determinou que a resposta tenha o mesmo destaque da publicação alvo da ação.

Karla aponta que não há irregularidade na prática pela qual Dilma é acusada na matéria e vê tentativa da IstoÉ de ferir a honra da então presidente da República em um período próximo do julgamento do processo de impeachment.

“Pode-se afirmar que a revista semanal, de amplo espectro e permeabilidade, disponível em diversas plataformas e que já esteve sob comando de respeitados jornalistas e diretores em seu passado, atualmente, trilha o caminho de um mau jornalismo, ao apresentar, no mínimo, duas interpretações distintas para o mesmo tipo de episódio, divulgar chamadas apelativas e demonstrar conotação tendenciosa, quiçá machista, ao se referir à ora autora, ultrapassando o caráter meramente informativo e crítico em sua reportagem”, escreveu em sua decisão.

você pode gostar também