-Publi-A-

Latrocida volta para a delegacia após ameaça de morte no presídio

Marcley Gama foi preso na tarde desta quarta-feira. Foto: Henrique Aporcino.

Condenado por latrocínio Marcley Gama é acusado de novamente roubar e matar

Da Redação | 24 horas

[email protected]

Parintins (AM) – Marcley Gama da Silva, 23, deveria dar entrada no inicio da noite desta quarta-feira, 22, na unidade prisional de Parintins. Mas, ao chegar no local os policiais que o conduziram receberam a informação de agentes penitenciários que Marcley está ameaçado de morte e o deixar nas celas poderia significar risco a vida dele.

Marcley foi preso na tarde desta quarta-feira, após ser apresentado na delegacia de Polícia, pelo advogado Paulo Guerra, entretanto, o Juiz Fábio Olintho, já havia autorizado o delegado Bruno Fraga de cumprir o mandado de prisão preventiva para o acusado da morte do jovem Roney Souza e Souza, 19, ocorrido no dia 13 de fevereiro nas proximidades do ginásio de Esportes Elias Assayag.

Ele prestou depoimento ao delegado, negou o crime, mas as investigações da Polícia o apontam como o responsável em roubar e atingir com várias terçadadas a vítima. “A partir do dia do crime a Polícia começou as investigações e chegamos a conclusão que o Marcley seria o autor dos golpes de terçado. Em razão disso solicitamos a prisão preventiva dele e com o deferimento fizemos a prisão no dia de hoje. Ele tem dois latrocínios e dois assaltos marjorados por lesão grave”, comenta o delegado Bruno Fraga.

O acusado não conversou com a imprensa. Marcley tinha 19 anos quando foi condenado a 21 anos e 6 meses de prisão pela morte do assistente administrativo do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Homero Ferreira de Souza.

você pode gostar também