-Publi-A-

Lava Jato e Impeachment são temas do 2º dia de Seminário de Jornalismo

Segundo dia do Seminário contou com palestras das jornalistas Roseann Kennedy e Ana Zimmermann (Foto: Patrick Mota/Rede Amazônica)

Desafios jornalísticos em coberturas emblemáticas. Esse foi o assunto dominante durante as discussões do 2º dia do XXII Seminário de Jornalismo na Amazônia, nesta quinta-feira (10). A colunista e apresentadora da EBC Roseann Kennedy, contou detalhes sobre as reportagens produzidas no processo de Impeachment. A repórter de rede da RPCTV Ana Zimmermann encerrou a noite com uma palestra sobre a operação Lava Jato.

Roseann Kennedy é bacharel em Jornalismo e pós-graduada em Ciência Política e Economia. Ela é colunista política da Rádio CBN, com o quadro ‘Crônicas do Planalto’, que vai ao ar diariamente em rede nacional, além de atuar como comentarista do programa Em Pauta, da Globo News.

A jornalista já cobriu os governos FHC, Lula e Dilma e acompanha as relações do Governo com o Legislativo há 15 anos. Ela ministrou a palestra “Os desafios jornalísticos na cobertura do processo de Impeachment”, uma tarefa que, segundo ela, resultou em mais de um ano de trabalho duro.

“Um dos grandes desafios foi conseguir mostrar os dois lados e evitar militância dos jornalistas. Garantir o equilíbrio na transmissão, dar conta de todos os acontecimentos, ter agilidade na informação e traduzir o vocabulário político e jurídico. Para quem estava fazendo a transmissão ao vivo foi o mais difícil de tudo e a gente tem que assumir que não estava entendendo”, disse.

Roseann Kennedy abriu ciclo de palestras nesta quinta-feira (10) (Foto: Indiara Bessa/G1 AM)
Roseann Kennedy abriu ciclo de palestras nesta quinta-feira (10) (Foto: Indiara Bessa/G1 AM)

Um fato histórico também resultou em uma cobertura memorável. Por conta disso, a jornalista levou depoimentos de colegas de trabalho que também fizeram a cobertura jornalística do Impeachment. Como o público do evento é composto boa parte por estudantes, não faltaram dicas para quem deseja seguir no ramo. Para ela, é preciso conhecer cada personagem que compõe a cena política brasileira.

“Quando comecei a cobrir política, passei a ver aquilo como a minha novela das nove diária. Há muitos capítulos e existe uma lógica entre os personagens, porque, às vezes, o desfecho se dá de um dia pro outro. Além disso, estude História. Entenda a nossa História. Não basta pegar livro e saber quando aconteceu cada coisa”, completou.

Seminário de Jornalismo reuniu centenas de estudantes e profissionais da área (Foto: Indiara Bessa/G1 AM)
Seminário de Jornalismo reuniu centenas de estudantes e profissionais da área (Foto: Indiara Bessa/G1 AM)

A última palestra da noite, “Cobertura da Operação Lava Jato: Os desafios para obter informações exclusivas”, ficou a cargo da jornalista Ana Zimmermann, que é repórter de TV desde 1995. Durante três anos Zimmermann esteve na TV Globo, no Rio de Janeiro, e atualmente é repórter de rede nacional da RPCTV em Curitiba.

Zimmermann mostrou vídeos da cobertura e destacou o processo de elaboração de uma matéria até a exibição em rede nacional. “A linguagem é diferente, o assunto é árido, mas é importante para as pessoas. Procuro fazer para que a pessoa mais leiga consiga entender e aquele que tenha informação jurídica tenha interesse por aquela matéria. Temos que traduzir os termos sem errar”, explicou.

O XXII Seminário de Jornalismo teve início na quarta-feira (10), no Studio 5 Centro de Convenções. Na ocasião palestraram os repórteres do núcleo da Rede Globo no Amazonas Luciano Abreu e Orlando Júnior, além do repórter da TV Globo Minas Ismar Madeira.

O evento continua até a sexta-feira (11). Confira a programação:

3º dia
Palestra: “Os desafios de cobrir uma Olimpíada”
Palestrante: Glenda Kozlowski – apresentadora  e comentarista  de esporte da TV Globo.

Palestra: “Copa, Olimpíada e Paralimpíada. Valeram a pena?”
Palestrante: Marcos Uchoa – repórter especial da Rede Globo.

Do g1

você pode gostar também