-Publi-A-

Letreiro personalizado “Eu amo Parintins” será mais uma atração turística da cidade

Foto: Reprodução.

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Após ter o projeto aprovado na Lei Aldir Blanc, do Governo Federal, o artista visual Miguel Carneiro e seu irmão e coordenador do projeto Pedro Carneiro dos Santos estão construindo o letreiro personalizado “Eu amo Parintins” que será exposto na área do porto, sendo assim mais uma atração turística da cidade. O projeto começou a sair do papel nesse mês de janeiro e tem previsão de ser concluído em março.

O letreiro medirá 12 metros de comprimento por 3 metros de altura, construído em uma estrutura de ferro, revestido e esculpido com cimento modelado, sendo um espaço público de celebração de amor à Parintins onde a escultura também apresentará a paixão pelas manifestações culturais do município. “Ainda homenagearemos nossas lendas e costumes da cidade e sem deixar de lado a maior representação cultural do estado do Amazonas, os bois-bumbás. A pintura artística será executada após finalização de todos os elementos. A fundição será em estrutura metálica e plataforma em concreto maciço. Ainda haverá iluminação noturna e proteção impermeabilizadora em toda a estrutura da peça, aumentando sua durabilidade”, explicou Miguel.

Foto: Reprodução.

Nos polos turísticos do Brasil já se tornou comum encontrar letreiros representativos que falam da particularidade de cada lugar. A cidade de Parintins, que teve o Festival Folclórico recentemente declarado Patrimônio Cultural do Brasil, ganhará com a produção do letreiro artístico um novo cartão postal, destaca o artista visual. “Os turistas que visitam nossa cidade levam poucos registros fotográficos de obras de arte pública. Um dos espaços mais fotografados é a Catedral de Nossa Senhora do Carmo. É pensando em preencher as poucas demandas que nosso projeto buscará criar no espaço público do município um letreiro personalizado com as características culturais da cidade. A produção do letreiro artístico além beneficiar a sociedade em geral, irá introduzir um novo cartão postal e ao mesmo tempo dará maior visibilidade para a cidade”, pontuou Miguel.

Participam ainda da produção do letreiro outros artistas, escultores e assistentes.

você pode gostar também