Maioria dos eleitores desconhece número dos candidatos no AM

A coluna Sim & Não do jornal A Crítica revela que a pesquisa Ibope, divulgada na última semana, ligou um sinal de alerta nas campanhas para o Governo do Estado do Amazonas. Na pesquisa espontânea, quando o eleitor cita voluntariamente em quem votará, a maioria não sabe responder qual o número de urna do candidato de sua preferência. Nesse quesito, Omar Aziz (PSD) é o menos lembrado. Só 26% dos seus eleitores dizem saber “de cor” o número dele na campanha. No caso de Wilson Lima 34% acertaram e David Almeida 38%. O número de Amazonino Mendes é lembrado por 42%.

Ponta da língua

Na sondagem sobre o desempenho dos presidenciáveis no Amazonas, Fernando Haddad é o que leva a melhor entre os seus eleitores. 61% dos entrevistados que citaram o nome do petista sabem o seu número de urna. Entre os eleitores de Jair Bolsonaro, 51% acertou o número do candidato.

Em baixa

Por esse prisma da pesquisa do Ibope, Marina Silva está mal no seu próprio eleitorado, já que apenas 1% daqueles que a citaram de forma espontânea lembram do seu número de urna. Ciro Gomes está um pouco melhor: 9% daqueles que o preferem como presidente gravaram seu número. Os demais candidatos ao governo  do Estado e à Presidência nem pontuaram nesse item da sondagem.

Insatisfação

Pessoas ligadas ao prefeito Arthur Neto (PSDB) dizem que ele se sente frustrado com os rumos da campanha de Omar Aziz, que carrega Arthur Bisneto como vice da chapa.

Sem sal

A principal crítica do tucano estaria voltada para a propaganda eleitoral de Omar na TV e no rádio, que não consegue fisgar o eleitor. O fato é que ninguém consegue lembrar, de pronto, qual é o jingle da campanha do candidato do PSD.

Atuação

Arthur segue mobilizando apoiadores para a campanha ao governo e em apoio a aliados que disputam uma vaga na Assembleia. Na sexta à noite, por exemplo, fez caminhada na rua Omar Aziz, no bairro Alfredo Nascimento.

Fortes emoções

Com Eduardo Braga (MDB) na dianteira em todas as pesquisas e a primeira vaga para o Senado praticamente definida, a briga pela segunda cadeira ganha a partir de agora contornos dramáticos.

Segue a vice-líder

Pelas últimas sondagens, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) seria reeleita para a função se a eleição fosse hoje. Alfredo Nascimento (PR), que corre atrás da segunda vaga, parece ter estacionado na preferência do eleitorado.

Direita dividida

A vantagem de Vanessa é ter um eleitorado cativo. Já Alfredo divide votos com Hissa Abrahão (PDT) e Plínio Valério. Luiz Castro também segue no páreo.

Salada

Eduardo Braga vem conseguindo atrair gregos e troianos para sua campanha. Neste sábado,  carreata puxada pelo candidato à reeleição, em Itacoatiara, tinha carros com adesivos de Amazonino Mendes, Omar Aziz e até faixas do deputado José Ricardo (PT), candidato à Câmara Federal.

Abuso 1

Nota publicada no Pinga-Fogo, ontem, dando conta da opressão sofrida por servidores da Semed para que apoiem candidatos indicados pelo prefeito Arthur repercutiu em grupos de WhatsApp formados por educadores.

Abuso 2

Há registros de que na Seminf a coação seja a mesma. A Secom negou o uso de servidores públicos para a campanha eleitoral.

Fonte: Coluna Sim & Não Jornal A Crítica

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here