-Publi-A-

Manauara é assassinado com tiro no peito em assalto na Venezuela

Turista brasileiro morreu com tiro no peito por assaltantes venezuelanos. (Foto: Arquivo pessoal)

Um turista brasileiro morreu na madrugada deste domingo (14) durante um assalto em uma rodovia próxima a Puerto Ordaz, cidade venezuelana distante cerca de 660 Km de Caracas. O amazonense Amaury Castro da Silva foi assassinado com um tiro no peito disparado por um dos criminosos.

Ele viajava com cerca de 20 pessoas, entre familiares e amigos, em um comboio de nove veículos com destino à Ilha de Margarita, principal destino de turistas brasileiros.

De acordo com a secretária-adjunta de Gestão Internacional de Roraima, Fátima Araújo, que está ajudando os familiares da vítima e intercedendo para trazer o corpo para o Brasil, “eles foram interceptados pelos ladrões quando iam para Puerto Ordaz, faltando 35 quilômetros para chegarem ao destino. Ele [Amaury] foi baleado e morreu”.

Fátima disse ainda que recebeu resposta imediata das Forças Armadas da Venezuela que garantiu apoio aos brasileiros.

“Com o nosso bom relacionamento com as autoridades venezuelanas, foi colocada à disposição dos familiares e amigos da vítima uma comissão para dar suporte a eles”, diz Fátima.

A secretária-adjunta descreveu que os ladrões armaram uma emboscada contra os brasileiros, fechando os veículos que iam na frente do comboio. O carro de Amaury era o quarto e foi interceptado pelos assaltantes que estavam em outro automóvel.

A vítima teria reagido, fechando o carro dos criminosos, impedindo que os ladrões roubassem os familiares que estavam nos outros veículos. Em dado momento, Amaury foi baleado no peito e teve os pertences levados pelos bandidos.

De acordo com Fátima, uma escolta policial vai trazer os parentes da vítima e amigos até Santa Elena de Uairén, cidade venezuelana que faz fronteira com o Brasil.

“Estamos monitorando de perto toda essa situação aqui em Santa Elena e conversando com os generais venezuelanos e com o Governo do Estado de Bolívar. As autoridades foram à pousada onde estão os amigos e familiares da vítima”, detalha a secretária-adjunta.

Ela disse ainda que o governo de Roraima está dando todo apoio para os familiares e amigos. “Após os familiares entrarem em contato comigo, começamos a agir para ajudá-los”, ressalta.

Os parentes da vítima devem chegar à Santa Elena de Uairén na noite deste domingo junto com o corpo de Amaury Castro da Silva.

Do g1

você pode gostar também