Manaus: Túnel de 11 metros em presídio foi usado para fuga de 39 detentos, diz Seap

O titular da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Pedro Florência, informou que 39 detentos do Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM), localizado no Km 8 da BR-174, conseguiram escapar da cadeia, na madrugada desta segunda-feira (2), por um túnel. Entre os fugitivos, segundo o secretário, estão nove presos de alta periculosidade por crimes como tráfico de drogas e latrocínio.

Ainda de acordo com o titular da Seap, o túnel tinha 11 metros e a suspeita é de que tenha começado a ser escavado na última quarta-feira, 27 de abril. “Fomos pegos de surpresa, na madrugada de hoje, com a fuga. Todo o barro escavado encontrava-se na cela 505, no pavilhão 5. Nela, haviam 19 detentos. Os outros 20, ainda não sabemos como foram parar lá”, relatou.

Florêncio disse que a terra, no local da escavação, ainda estava úmida e que os presos utilizaram baldes e pás de ventilador para retirá-la. “Toda a terra retirada foi colocada em sacos, em cima das camas, na cela 505”, afirmou.

O secretário destacou que, desde a última quarta, não eram feitas revistas nas celas. “Já conseguimos frustrar fugas em outras unidades, mas, desta vez, infelizmente, pela falha na segurança e falta de vistoria, foi a vez dos presos”, lamentou.

A equipe de inteligência da Seap trabalha em conjunto com a Ronda Ostensiva Cândido Mariano, o Batalhão de Choque, o Comando de Operações Especiais e o Canil da PM para localizar os fugitivos. Cerca de 60 homens do CPE estão fazendo barreiras na BR-174, abordando veículos e fazendo cerco contra os fugitivos. Até o momento, nenhum dos 39 detentos foi encontrado.

Somente este ano, a Seap chegou a identificar quatro túneis cavados por detentos que planejavam fugir do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), que fica na mesma área do CDPM. Nestas ocasiões, não foram registradas fugas.

Do Dez Minutos

você pode gostar também