-Publi-A-

Marcelo Ramos diz que vai se acirrar discussão da Reforma da Previdência 

Em coletiva realizada na quinta-feira, (06/06), na Câmara, o presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência, deputado federal Marcelo Ramos (PR-AM), fez um balanço das atividades do colegiado. Trinta dias após sua instalação, foram 13 reuniões da Comissão, realizadas 11 audiências públicas, sete seminários nos estados (AM/BA/RS/CE), sendo três já agendados (BSB/BA/MA), um seminário internacional, um total de 73 requerimentos de audiências atendidos e validadas 227 emendas, com a participação de 96 parlamentares e 57 expositores das mais diversas formações e posições.

“Apesar das divergências, comuns na apreciação de uma matéria com esse grau de importância, estamos apostando que os resultados dessa primeira fase de tramitação, que ocorreram no mais elevado nível de maturidade do parlamento e de esclarecimento à sociedade, possam se repetir no debate do relatório da PEC”, disse Marcelo, ao lado do vice-presidente da Comissão, deputado Silvio Costa Filho (PRB-PE).

Marcelo Ramos evitou falar em datas e calendários da próxima fase dos debates, e lembrou que tudo dependerá dos acordos que serão firmados em torno do relatório, que deve contemplar, na sua avaliação, a media do conjunto da sociedade brasileira. Para tanto, lembrou que dezenas de entidades representativas do conjunto dos trabalhadores, estando o funcionalismo público entre os mais ativos, tiveram voz.

“Tão logo o relatório da Reforma da Previdência seja apresentado, terei um prazo de 24 horas para a convocação da uma reunião para a leitura do relatório, duas sessões regimentais para pedidos de vistas e logo iniciaremos o debate e a votação na comissão”, revelou o parlamentar, acrescentado que esse prazo até a votação e possível aprovação do relatório poderá se dar de forma célere caso um acordo de procedimentos seja firmado entre as lideranças partidárias.

A ausência do relator da PEC da Previdência foi justificada diante da imensa responsabilidade que recai sobre o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), que optou por se manter reservado a fim de não antecipar o conteúdo do relatório. Já o vice-presidente da Comissão, deputado Silvio Costa Filho, lembrou que dentro do propósito de dar maior transparência possível às atividades da comissão especial, todos as informações detalhadas estão disponíveis no site do colegiado, que poderá ser acessado no link https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-temporarias/especiais/56a-legislatura/pec-006-19-previdencia-social .

você pode gostar também