Marcelo Rezende e Record são condenados a indenizar delegada de SE por danos morais

O apresentador Marcelo Rezende e a Record foram condenados a indenizar a delegada de Polícia de Sergipe, Renata Aboim, em R$ 15 mil, por danos morais. O valor deverá ser pago até a próxima sexta-feira (10/3).

De acordo com o portal Infonet, a delegada argumentou que, durante a reportagem sobre um caso de agressão a uma mulher, Rezende se dirigiu de forma grosseira, agressiva e usou palavras depreciativas à imagem dela.

Renata, que é do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), disse que a gravação deu a entender que ela foi indiferente ao dano da vítima, não informando que o acusado já estava preso após uma representação feita por ela.
“Logo após a prisão do acusado fui entrevistada por Marcelo Rezende e eu acredito que o apresentador gostaria que eu falasse de forma mais veemente, só que eu não estou aqui para fazer juízo de valor antecipado. Eu estou aqui para investigar. Eu não posso me manifestar sobre um caso que eu não havia finalizado”, afirmou.
Em caso de descumprimento da sentença, a multa é de 10% sobre a condenação. Não cabe recurso.
Procurada pela imprensa, a Record disse que não comenta o assunto.
Fonte: Portal Imprensa

ESPECIAL PUBLICITÁRIO

você pode gostar também