Maria Gadú interpreta toada antológica do Boi Caprichoso em festival de música na Europa

Foto: Divulgação

Parintins (AM) – Uma das toadas de temática indígena mais clássicas do Festival Folclórico de Parintins, Kananciuê, de autoria do compositor Ronaldo Barbosa, ganhou personalidade na voz da cantora Maria Gadú. A obra musical tem 25 anos e foi gravada oficialmente pelo Boi-Bumbá Caprichoso, na voz do cantor Arlindo Jr, no álbum de 1995.

O vídeo da apresentação da cantora baiana com a toada Kananciuê, ocorrida em setembro de 2019, em um Festival de Música Internacional, na França, viralizou nas redes sociais. “São muitas mensagens de amigos e fãs de todo o Brasil que chegaram no meu celular, hoje. É fantástico e gratificante ter o trabalho reconhecido 20 anos depois do sucesso, em Parintins”, comemora o compositor.

Ronaldo Barbosa se impressionou com a maneira como Maria Gadú interpreta a toada, caracterizada de mulher indígena Karajá. “É motivo de orgulho o resgate de uma toada antológica, pela importância para a memória do festival, que conta a história do criador do povo Karajá. Essa obra mostra a força musical e a essência cultural do Brasil”, descreve.

você pode gostar também