-Publi-A-

Marinha intensifica buscas por criança desaparecida no rio em Nhamundá

As buscas pelo corpo de Vitória Gonçalves vão ser retomadas, com o apoio de uma aeronave do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral da Marinha do Brasil, na manhã desta segunda-feira, (20/05). A criança de nove anos está desaparecida nas águas do Paraná do Aduacá, após acidente na navegação, na comunidade do Laguinho, nas proximidades de Nhamundá, na manhã deste domingo, (19/05).

Os trabalhos de busca pela vítima de afogamento começaram com Equipe de Busca e Salvamento da Agência Fluvial de Parintins. A informação é da Marinha do Brasil, por intermédio do 9° Distrito Naval. O agente fluvial de Parintins, Capitão-Tenente da Marinha do Brasil, José Carlos de Sá, chegou ao local do acidente no Paraná do Aduacá, na tarde deste domingo.

Vitória Gonçalves estava com os pais e uma irmã quando o banzeiro de uma lancha, em alta velocidade, fez arrebentar o cabo do volante do motor da voadeira e emborcar. As crianças nem a mãe não sabiam nadar, mas se agarraram no pai, de nome Eviran Gonçalves, conhecido como Bitoca, para evitar uma tragédia na família. A lancha voltou para prestar socorro e conseguiu resgatar três pessoas.

No entanto, Vitória Gonçalves já tinha sumido nas águas do Paraná do Aduacá e a irmã escapou de desaparecer, ao ser salva pelos cabelos. O agente fluvial de Parintins informou que as buscas serão intensificadas na área do desaparecimento. A Marinha do Brasil vai instaurar inquérito para apurar as causas, circunstâncias e possíveis responsabilidades pelo acidente.

você pode gostar também