Massacre: polícia prende 20 suspeitos de arquitetar mortes em presídio de Manaus

Foto: Bruno Kelly/Reuters

A Polícia Civil confirmou em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (1º) que 20 pessoas foram presas suspeitas de envolvimento no massacre de 55 presidiários em maio deste ano em cadeias do Amazonas. De acordo com a corporação, dentre os detidos está Maria Cleia Fernandes Barbosa, de 48 anos, e Charles dos Santos Rodrigues, 26, irmãos de “Zé Roberto” – apontado como um dos líderes da facção Família Do Norte.

Eles, junto a outras duas pessoas, teriam planejado o homicídio de um integrante da facção. A morte é apontada como o estopim da matança nos presídios.

Os suspeitos foram presos no Piauí, Maranhão, Santa Catarina e Rio Grande do Norte durante a operação “Guará”, deflagrada na sexta-feira (26). Ao todo, 16 pessoas foram presas em cumprimento de mandado de prisão e quatro em flagrante. Mais informações em breve.

você pode gostar também