Michel Temer poderá assistir o Festival Folclórico de Parintins em 2017

O presidente Michel Temer poderá ser o segundo presidente a assistir o Festival Folclórico de Parintins. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

A intenção do prefeito Bi Garcia é sensibilizar o Governo Federal da importância da liberação de recursos anualmente para o Festival Folclórico de Parintins

Carlos Alexandre | 24 horas

parint[email protected]

Parintins (AM) – O presidente da República Michel Temer (PMDB) poderá participar do Festival Folclórico de Parintins, que neste ano de 2017, será realizado nos dias 30 de junho, 1º e 2 de julho. O anuncio foi feito pelo prefeito de Parintins Bi Garcia (PSDB). Os senadores Aécio Neves (PSDB) e Omar Aziz (PSD) estão articulando a liberação da agenda do chefe do executivo federal na intenção passar, pelo menos, uma noite na Ilha Tupinambarana para assistir, no Bumbódromo, a apresentação dos bois Caprichoso e Garantido.

Para Garcia é importante Temer conhecer e entender a importância do evento para a cidade e o estado do Amazonas. “Com a vinda do presidente Michel Temer vamos assegurar anualmente recursos na ordem de R$ 4 milhões para a realização do festival. Assim, vamos acabar com esse fantasma da insegurança da realização da festa a  cada ano”, explicou.

Se a vinda do presidente se confirmar ele será o segundo dirigente do país a assistir o Festival Folclórico de Parintins. Em 2003 o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também acompanhou o espetáculo das cores no bumbódromo. O ex- presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) também já pisou em solo parintinense, em fevereiro de 2000, quando fez a abertura do ano letivo na escola estadual Brandão de Amorim.

O presidente Michel Temer, como vice-presidente da República, já havia assistindo os bois no Hotel Transamérica, em Comandatuba (BA), em 2011 durante evento realizado pelo Grupo de Líderes Empresariais (LIDE).

Recursos

Uma reunião está marcada entre o prefeito e o Governador José Melo (Pros) para este mês. No encontro será definido o retorno do estado ao maior evento Folclórico e cultural do norte do Brasil. Outra novidade é a entrada da empresa Rede, fabricante de máquinas de cartão de crédito, como patrocinadora oficial do Festival de Parintins. “A Rede vai patrocinar o Festival com recursos que superam a casa dos R$ 2 milhões”, informou.

Ano passado pela falta de recursos os bumbás ficaram devendo colaboradores e artistas em virtude do atraso na liberação dos recursos oriundos da emenda de bancada do senador Omar Aziz. Até hoje o recurso não saiu. Segundo Bi Garcia, o dinheiro será liberado este ano. “Esse recurso será liberado este ano, uma vez que o tempo foi insuficiente para execução e repasse  ano passado”, concluiu.

você pode gostar também