Missão do Céu e Igreja Batista de Parintins auxiliam enfrentamento à pandemia há mais de um mês

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Parintins (AM) – A região do Baixo Amazonas ganhou um reforço nas ações de combate à pandemia do novo coronavírus. Desde o dia 21 de abril, o estado do Amazonas conta com mais uma aeronave para transporte de insumos para as secretarias de saúde na região. A ação é uma iniciativa da Primeira Igreja Batista de Parintins. A aeronave, que pertence à organização missionária Missão do Céu, faz duas viagens por semana levando insumos para as cidades da região. As bases de pousos são Parintins e Maués. Além de levar os insumos, o avião leva para Manaus materiais coletados para exames.

Até o momento já foram transportados um pouco mais de quatro toneladas de diversos materiais como Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), álcool em gel, vacina contra a gripe e H1N1, plasma e respiradores.

“Para nós da Missão do Céu tem sido um privilégio participar desse projeto. Apesar de ser um momento difícil para a sociedade, para nós tem sido um privilégio podermos colocar as nossa estrutura, o nosso pessoal a disposição da igreja e também da sociedade amazônica os recursos de combate a Covid-19”, disse o
diretor da Missão do Céu, Márcio Rempel.

Diretor da Missão do Céu, Márcio Rempel. Foto: Reprodução.

Na coordenação do pastor presidente da Primeira Igreja Batista de Parintins, Elmer Lessa, juntamente com a organização missionária Missão do Céu, a equipe recebe os insumos em Manaus onde é feito a desinfecção deles com álcool e o embalamento para evitar a contaminação da aeronave e das pessoas que irão ter contato com esses materiais.

Em seguida os materiais são transportados para Parintins e regiões próximas para serem entregues para as secretarias de saúde e às pessoas responsáveis pelo projeto.

Márcio Rempel assegura ainda que se haver necessidade de um paciente ser transferido para a capital amazonense, o avião também é disponibilizado seguindo o protocolo de segurança para evitar a contaminação das pessoas envolvidas no processo.

A ação feita pela Primeira Igreja Batista de Parintins juntamente com a organização missionária Missão do Céu e Missão Batista do Baixo Amazonas Pastor Lessa, irá durar até o fim da pandemia.

você pode gostar também