Morte de idosa por Covid-19 é confirmada cinco dias depois, com resultado de exame laboratorial  

Parintins (AM)  – Os casos positivos de Covid-19, em Parintins ou outro município do Amazonas, dependem de exame do Laboratório Central (Lacen), exclusivamente, realizado, em Manaus, com prazo mínimo de 48 horas para ser apresentado. Os testes rápidos não são 100% eficazes no diagnóstico da doença.


O exame laboratorial produzido pelo Lacen é a contraprova para determinar se o paciente tem ou não o novo coronavírus, no Estado do Amazonas. A aposentada Maria Regina Marinho de Souza faleceu, por complicações respiratórias, no Hospital Jofre Cohen, na segunda-feira (06).

Boletim apresenta dados sobre avanço de Covid-19, em Parintins.

Entretanto, a morte da idosa, por Covid-19, só ficou conhecida, na noite de hoje. A Prefeitura de Parintins anunciou o terceiro óbito, sem revelar o nome, por protocolo, a partir do recebimento do exame encaminhado pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e Fundação de Vigilância em Saúde (FGV).

você pode gostar também