-Publi-A-

Mulher é condenada a 25 anos pela morte da cunhada a golpes de faca

Foto: Chico Batata - TJAM.

Manaus (AM) – Com a participação do Ministério Publico do Estado do Amazonas pelo Promotor de Justiça José Felipe da Cunha Fish, por meio do Conselho de Sentença da 3ª Vara da Comarca de Manaus julgou e condenou a 25 anos de prisão Thaís Rejane Barbosa Alves, pela morte de sua cunhada, Luana Freire de Souza, em 3 de dezembro de 2018.

A sessão de julgamento aconteceu na manha desta quarta-feira 02/12, no plenário principal do Fórum Ministro Henoch Reis, e foi presidida pela juíza de Direito Eline Paixão e Silva Gurgel do Amaral Pinto e contou com a participação do MP que trabalhou na acusação, com assistência do advogado Lenílson Ferreira Pereira.

De acordo com o inquérito policial que originou a denúncia do MPAM, no dia 3 de dezembro de 2018, por volta das 8h, Thaís matou Luana Freire de Souza a golpes de faca. Segundo a denúncia, Thaís morava na mesma casa que a cunhada e planejou o crime um dia antes sabendo que ficariam somente as duas na residência naquela data.

Foram ouvidas cinco pessoas indicadas pelo MP e mais duas testemunhas de defesa, e na sequência ocorreu o interrogatório da ré Thaís Rejane Barbosa Alves, que confessou o crime e justificou dizendo que a outra mulher era “muito mimada pela família”.

Texto produzido com informações da Divisão de Divulgação e Imprensa do TJAM

você pode gostar também