-Publi-A-

Mulher suspeita de matar ex-companheiro em Manacapuru é presa

Valcilene Trindade Alfaia, 34, foi presa, na manhã desta sexta-feira (12), suspeita de matar o ex-companheiro dela, Romeu Moreira de Oliveira, 52, na terça-feira (9). A prisão aconteceu no Ramal Santa Rosa, localizado no km 57 da Rodovia Manoel Urbano (AM-070), em Manacapuru (distante 68 km de Manaus).

As informações foram repassadas pelo major André Gioia, comandante do 9ª Batalhão  da Polícia Militar (BPM), por meio de assessoria de imprensa.
Segundo o major, Valcilene estava escondida em uma casa localizada no ramal e foi presa após o 9º BPM receber denúncias anônimas. Ao ver os policiais militares, conforme informações do major, a mulher tentou se esconder nas matas do ramal.
Na Delegacia Interativa de Manacapuru (DIP), Valcilene deu a versão dela sobre o crime. Segundo o delegado João Batista Flores, titular da DIP, a mulher disse que ela e Romeu estavam consumindo três caixas de cerveja e passaram a discutir, quando Romeu, sem motivo, tentou agredi-la fisicamente. “Ela disse que agiu em legítima defesa, caiu por cima dele (Romeu) e bateu a cabeça dele várias vezes no chão”, disse o delegado.
Também em depoimento, conforme o delegado, Valcilene afirmou que amarrou os braços e os pés de Romeu, com fio elétrico, para que, caso ele acordasse, não tentasse agredi-la novamente. “Eles tinham filhos juntos e ela sempre passava alguns dias lá na casa dele para ver os filhos”, acrescentou o delegado, mencionando que solicitou a prisão preventiva da mulher.
você pode gostar também