Município incentiva lixeiras a céu aberto em Parintins.

Foto: Neudson Correa

A entrada da rua que dá acesso ao aterro controlado, ao lado da Rádio Clube, na rodovia Odovaldo Novo, foi transformada pela Prefeitura de Parintins em um lixão a céu aberto e mostra o absurdo, o desrespeito e a irresponsabilidade com o meio ambiente e com a saúde da população. Nas proximidades do novo depósito de lixo estão instaladas o centro educacional do Sesi, além de inúmeras residências.

Quem passa na estrada fica estarrecido com as cenas de funcionários da Secretaria de Meio de Ambiente, Serviços de Limpeza Pública despejando lixo no local. Na manhã desta terça-feira, 12 de abril, a reportagem flagrou dois servidores com a farda da administração municipal, utilizando um motociclo Du Car depositando lixo na lateral da rodovia Odovaldo Novo.

Um dos funcionários chegou a ser irônico com a reportagem e ao ponto de pedir que sua foto fosse colocada em um quadro, no momento em que era feito o registro de imagens da ação. A reportagem entrou em contato com a coordenadora de Limpeza Pública, Sueny Picanço. Ela disse que desconhece haver depósito de lixo no local e que aquela entrada foi liberada para dar acesso aos carros coletores de lixo e não há autorização para o depósito de lixo no local.

Com relação aos servidores da Prefeitura Municipal despejando lixo naquela área, Sueny disse que não tem nenhuma equipe da Secretaria Municipal de Limpeza Pública realizando coleta em triciclo neste horário. Sueny Picanço informou que vai se dirigir até o local para verificar o caso para tomar as medidas necessárias.

O empresário responsável pela coleta do lixo domiciliar, Fernando Soares, procurado pela reportagem, via telefone, disse que foi necessário abrir aquela entrada para que o lixo fosse depositado de forma provisória pelo fato de parte da rua principal do aterro controlado estar tomada pela lama e sem condições de tráfego dos carros coletores. Ele informou que o lixo será retirado imediatamente ainda nesta manhã.

Do RP

você pode gostar também