Murilo Huff se emociona com declaração de amor de Marília que cantor não conhecia

O cantor Murilo Huff, 26, ex-namorado de Marília Mendonça (1995-2021), que faleceu no dia 5 de novembro em um acidente aéreo, se emocionou com uma declaração de amor feita pela cantora no Twitter. Ele não havia visto a mensagem de 2019, que foi resgatada por fãs.

Os fãs repostaram a mensagem e marcaram o perfil de Murilo Huff na rede social. A cantora começa a publicação com um trecho da música “Adoro Amar Você”, gravada por João Paulo e Daniel: “Tô afim de ficar com você mais uns 200 anos”, escreveu Marília.

Um internauta comenta que Marília está muito apaixonada, mais do que o normal. Ela responde: “Eu tenho um filho do homem mais dedicado do mundo que consegue se dividir perfeitamente sem ter que deixar nenhum dos lados de lado… como não estar apaixonada”.

Murilo se emocionou ao ler o post e respondeu que não utilizava muito a rede social nesta época. “Que coisa linda…não era muito de Twitter, nunca tinha lido isso”, escreveu o cantor, que colocou uma carinha de choro e outra de apaixonado.

Um internauta comentou que ficava impressionada com o amor do casal. “Eu namorava o namoro deles, socorro, ficava boba antes e fico boba agora”. Outra falou que foi muito bom os fãs criarem o perfil na rede em homenagem ao casal. ” Viu como foi a melhor escolha de vocês terem criado esse cantinho, imagina o tanto que está aquecendo o coraçãozinho dele.”

Murilo Huff e Marília Mendonça tiveram um relacionamento que durou cerca de quatro anos, entre idas e vindas, e são pais de Léo, de um ano e dez meses. Ele ficou muito abalado após a morte da cantora e cancelou todos os shows marcados para novembro.

Três dias depois da morte de Marília, ele relembrou momentos de seu relacionamento com a artista, que durou cerca de quatro anos, com um vídeo publicado em seus Stories no Instagram.

“Existem amores que não foram feitos para serem vividos. Foram feitos para serem guardados na memória e pela lembrança serem sentidos. Às vezes, o destino separa, mas só podemos agradecer o privilégio de termos podido viver o amor assim”, diz o texto narrado pelo escritor Caciano Kuffel.

“E, por mais que doa não ficarmos para sempre com essa pessoa, ainda assim agradecemos a sorte de termos vivido algo verdadeiro como era para ser. Por mais que seja passageiro nunca vamos esquecer, porque uma gota desse amor muitas vezes é maior e mais intenso que um oceano de outros amores”, finaliza.

 

Com informações do FolhaPress

você pode gostar também