Murilo Huff sobre criar filho sem Marília Mendonça: ‘Não vai ser fácil, mas tem que ser forte’

Murilo Huff, ex-namorado de Marília Mendonça e pai do filho dela, Léo, falou sobre a morte da cantora em entrevista exclusiva para o Fantástico neste domingo (7).

 

O sertanejo, que contou estar separado de Marília há cerca de dois meses, não poupou elogios a ela e se emocionou ao falar do filho. Questionado como vai ser cuidar de Léo agora, sem a ajuda da cantora, mesmo com a ajuda da mãe dele e da mãe dela, ele falou:

“Não vai ser fácil, né? Mas tem que ser forte. Não tem outro jeito. E eu vou fazer questão de falar para ele todo dia o quanto que ela era amada pelo Brasil inteiro, o tanto que ela era uma mãe excepcional, uma filha excepcional, uma mulher excepcional, sabe? É um pedacinho dela que ficou aqui”.

Questionado sobre há quanto tempo os dois não estavam mais juntos, Murilo revelou que há apenas cerca de dois meses: “Foi logo depois que a gente voltou de viagem. E, assim, foi por uma coisa tão idiota, foi por um motivo tão besta… Hoje, analisando tudo que aconteceu, se a gente estivesse junto, eu ia estar lá também, dentro do avião. Porque eu não tinha show nesse fim de semana e ela estava voltando os shows, na melhor fase da vida dela, superfeliz com os projetos. Com certeza eu estaria acompanhando ela, com certeza absoluta”.

Durante a entrevista, Murilo contou como os dois se conheceram, falou como era a relação deles e não poupou elogios à ex:

“Mãezona, filhona, namoradona. Tudo! Ela era incrível, me jogava lá em cima sempre”.

 

Huff revelou que a última vez que conversou com a cantora foi no próprio dia do acidente: “Ela mandou uma mensagem assim, pedindo para eu cuidar dele [Léo], ficar mais de olho, porque ele tinha tomado vacina. Parece que estava se despedindo”.

Com informações do g1

você pode gostar também