-Publi-A-

Na busca pelo bicampeonato, Fast vence o Holanda por 3 a 0, no Zamith

Sem jogar desde o último dia 25 e com modificações no setor defensivo, o Fast reencontrou a vitória no Estadual. Com gols de Railson, Charles e Felipe, o Tricolor venceu o Holanda por 3 a 0, na noite desta quarta-feira (5), no Estádio Carlos Zamith. O resultado levou o último campeão amazonense para a terceira colocação, com nove pontos. Enquanto isso, o Holanda continua em sétimo, com quatro pontos.

Na busca pelo bicampeonato Estadual, o Fast entrou em campo com novidades. Após dispensar jogadores, como o goleiro Naylson e o atacante Edinho Canutama, o Tricolor teve na linha defensiva três jogares revelados no time. No gol, quem assumiu a camisa 1 foi Guanair Junior, que teve à sua frente, os zagueiros Guigui e Bianor.

Em noite inspirada, apostando na velocidade e contando com o camisa 10 Railson, o Fast tomou iniciativa no duelo. Com muita posse de bola e aproveitando os melhores momentos para atacar, o time comandado pelo técnico João Carlos Cavalo abriu o marcador aos 29 minutos com Railson, que avançou pela direita e encheu o pé para balançar a rede do goleiro Douglas.

O segundo gol da partida saiu aos oito minutos do segundo tempo. O lateral Emerson fez boa jogada pela direita e cruzou para Charles, que nem precisou pular para completar de cabeça para ampliar o marcador. Após o gol, o duelo ficou morno. Ambas as equipes passaram a errar muitos passes.

Para fechar o placar, aos 37 minutos, o atacante Felipe aproveitou a finalização cruzada do camisa 11, Romário, que recebeu na esquerda e apenas completou para o gol.

Feliz com os três pontos, João Carlos Cavalo afirmou que o intervalo entre os jogos serviu para que a equipe pudesse treinar. “Aproveitando o intervalo de dez dias para trabalhar situações que precisamos. Já percebemos que as equipes quando vem jogar contra a gente, costumam jogar atrás. Intensificamos os treinamentos nesse sentido, principalmente a linha ofensiva. Deu certo, a equipe do Holanda é qualificada. O que vale realmente são os três pontos”, disse o técnico.

você pode gostar também