-Publi-A-

“Não existe dono e nem insubstituíveis nesta festa”, afirma Carbrás ao avaliar o Festival de Parintins

Carbrás afirmou que o Festival é maior do que pessoas, projetos e cortes. Foto: Márcio Costa|Comunicação PMP

O prefeito Alexandre da Carbrás ao avaliar o 51º Festival de Parintins afirmou que a organização do evento foi um desafio vencido

Da Redação | 24 horas

[email protected]

Parintins (AM) – O prefeito de Parintins Alexandre da Carbrás (PSD) comemorou o 51º Festival Folclórico de Parintins. Por meio de sua assessoria de imprensa ele lembrou que o município teve pouco tempo para assumir o evento e mesmo assim conseguiu o êxito na organização da programação.

De acordo com os dados do município foram movimentadas mais de 1.100 pessoas entres servidores, temporários e voluntários. Todas as secretarias da administração municipal atuaram na logística do festival, após 28 anos sob a coordenação do Governo do Estado, que se retirou da festa por questões financeiras.

“O recado deixado é que o Festival de Parintins é maior do que pessoas, projetos e cortes. O festival é do povo e da cultura de Parintins. Não existe dono e nem insubstituíveis nesta festa”, disse o chefe do executivo parintinense.

Ele agradeceu o engajamento da população e o apoio de instituições importantes, como a Tucunaré Turismo, Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM), TV A Crítica, Maná Produções e patrocinadores.

Carbrás lembrou dos presidentes dos bumbás Garantido e Caprichoso e diretorias que, mesmo diante das dificuldades financeiras, afirmaram que iriam para arena se a prefeitura assumisse a festa. “As duas agremiações estavam lindas e também se superaram na arena. Mostraram mais uma vez a grandiosidade do nosso festival. Meus sinceros parabéns a todos os artistas por trás das lindas alegorias, indumentárias, coreografias e demais setores da disputa. Temos a convicção de que neste festival não há derrotados. Parabéns ao Garantido pelo título e parabéns ao Caprichoso pelo belíssimo espetáculo”, enalteceu.

você pode gostar também