Nicolas é o primeiro bebê do ano e da década nascido em Parintins

Gerlean Brasil | 24 Horas

[email protected]

Nicolas Colares Garcia é o primeiro bebê que nasceu no ano de 2020, no início da terceira década do século 21, no Hospital Jofre Cohen, às 3h27. A mãe da criança, a acadêmica de Biologia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Stefany de Matos Colares, 24 anos, fez trabalho de parto normal para ter o primeiro filho.

O pai de Nicolas é o funcionário público, Marcelo Machado Garcia, 23 anos. Stefany conta que começou a sentir contrações na madrugada de 31 de dezembro de 2019 e deu entrada no hospital, às 1h07, do dia 1º de janeiro. “Realmente, a gente não esperava para essa data”, conta. Pelo pré-natal, a médica Gabriela previa o nascimento da criança para o dia 16 de janeiro.

 

Nicolas Colares Garcia nasceu com 2 quilos e 569 gramas, saudável, sem nenhuma complicação no quadro clínico. Quando chegar a 24 horas do nascimento, a mãe e a criança devem ter alta.

A avó materna, a autônoma Juracema Barbosa de Matos, 49 anos, considera o momento como surpresa, de alegria e de benção na vida da filha caçula.

Marcelo Garcia não acompanhou o parto do filho, porque estava no trabalho, na organização do réveillon de Parintins, na Praça Cristo Redentor, com a equipe da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semctur). Preocupado, o pai não desgrudava do celular para se comunicar com Stepany e saber cada detalhe do nascimento do filho.

Fotos: Gerlean Brasil

você pode gostar também