-Publi-A-

No “Programa com Bial”, Bárbara Paz desabafa sobre a morte do marido, o diretor Hector Babenco

A atriz Bárbara Paz foi a entrevistada do Programa com Bial deste domingo (30). Durante a conversa, a artista voltou a falar sobre a perda do marido, o diretor argentino naturalizado brasileiro Hector Babenco, morto em julho de 2016.

Na entrevista, Bárbara Paz revelou que, em 17 de outubro, data em que o cineasta completaria mais um ano de vida, ela adubou uma árvore com as cinzas da cremação: “Foi uma passagem muito difícil, porque ele era como um tigre, nunca quis morrer e amava a vida. Sempre que estava à beira da morte, um filme vinha e salvava ele“, disse a atriz.

Sei que ele iria gostar de me ver assim, trabalhando e seguindo a vida, porque ele não gostava de me ver chorando e dizia que já bastava um deprimido em casa“, brincou a atriz sobre a relação com o marido. Agora, Bárbara trabalha na produção de um documentário sobre a carreira de Hector Babenco, ainda sem previsão de estreia:

Vai ser um filme muito pessoal, porque ele quis ser filmado e tinha urgência nisso. Eu queria mostrar com meus olhos esse homem que tanto amei. Só que o longa se transformou, porque não era para ele ir embora agora, a gente tinha vários planos“, completou, emocionada.

você pode gostar também