Nove meses sem Zezinho Corrêa, em homenagem Luso Neto toca na exposição na Casa Luppi

Com entrada franca, Luso Neto fará um show acústico em homenagem a este grande artista, vocalista do Grupo Carrapicho

Foto: Roseane Teixeira.

Após um show emocionante no Teatro Amazonas, Luso Neto foi convidado para fazer um show acústico, na exposição “Amazonas Rio da Minha Vida – A Arte de Zezinho Corrêa”, no dia 06 de novembro (sábado), às 20h, na Casa Luppi, localizada na Rua Ferreira Pena, 139 – Centro.

O cantor e compositor apresentará suas músicas do novo trabalho “Luso 20 anos”, que foi lançado em CD/DVD e reserva uma surpresa para o público que prestigiará este show.

“O Zé foi um grandioso. Mais do que fã tive a oportunidade de dividir o palco com ele no penúltimo show dele, onde gravamos o DVD ‘Luso 20 anos’. Quem for prestigiar o show na Casa Luppi terá a certeza de um show emocionante e espero amenizar, por meio da minha música, a dor da distância destes nove meses sem nosso Zezinho”, emociona-se Neto.

Zezinho Corrêa nasceu no seringal Imperatriz, zona rural de Carauari, interior do Amazonas, mas veio ainda criança para a capital amazonense, onde se eternizou no teatro, foi fazer faculdade de artes no Rio de Janeiro e foi no curso de teatro que descobriu que podia cantar. Faleceu em 06 de fevereiro deste ano, vítima da Covid-19. A exposição conta com um acervo de mais de 1.500 itens entre fotos, figurinos, móveis e objetos de uso pessoal do artista e ficará em cartaz até o dia 21 de novembro.

Assessoria de imprensa: Di Castro Comunicação

você pode gostar também