Obrigado Léo!

Léo, em pé, e os alunos do Ensino Fundamental II da Esc. Municipal Luz do Saber.

Nesta manhã de sábado, 07 de dezembro, o Núcleo de Ensino e Pesquisa em Astronomia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) dá adeus a seu ex-aluno Leonardo Cabral da Silva (23 anos). Léo, como era chamado pela equipa NEPA, foi um jovem repleto de alegria e era amigo de todos os integrandes do NEPA. Infelizmente, na madrugada de sexta-feira para sábado, Léo foi vítima de um acidente de trânsito em Parintins.

O NEPA está de luto, mas, apesar de toda tristeza pela partida do Léo, não poderíamos deixar de fazer nossa singela homenagem à pessoa, ao ser humano que o Léo foi. Sabe, orientar jovens é muito bom, é gratificante. Graças ao Léo, tínhamos muitos diálogos sobre Astronomia dos Povos da Antiguidade. Aliás, este era o nome do projecto no qual o Léo era bolsista PROEX. Ele ingressou no NEPA através do edital 061/2018-GR/UEA.

Figura 1: Cadastro do Bolsista no projecto PROEX.

“Sua paixão era o Ensino de História. Quando eu mostrei a ele o projecto Astronomia dos Povos da Antiguidade, os olhinhos dele brilharam.”- pondereu o Coordenador do NEPA. Ele se dedicou, sempre buscava orientação e montou várias actividades para ensinar aos jovens do Ensino Fundamental II. Entre os materiais didáticos, foram elaboradas cartilhas e um jogo, que o próprio Léo batizou como “Trilha Babilônica”.

Foto 2: Jogo Trilha Babilônica – Arquivo NEPA/UEA.

Léo foi um pioneiro, foi o primeiro aluno da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), e da região Norte do Brasil, a finalizar um projecto na área de Astrohistória – ramo de pesquisa que estabelece um diálogo entre a História e a Astronomia.

Ao levar seu projecto para as salas de aula, o Léo contou com o apoio e incentivo do Gestor Railson Marques, da Escola Municipal Luz do Saber. Os professores do Luz do Saber também ajudaram imensamente o Léo, incentivaram-no a seguir suas pesquisas.

Em maio de 2019, o Léo me enviou uma mensagem pelo WhatsApp, sobre as actividades em sala de aula. Depois, na tarde daquele mesmo dia, ele foi ao NEPA e me relatou que estava muito feliz, pois, os alunos amaram a dinâmica da aula, as cartilhase e o jogo.

Foto 03: Léo e os alunos do Ensino Fundamental II – Esc. Municipal Luz do Saber.

O céu ganhou mais uma estrelinha, o nosso Astrohistoriador Léo partiu. Um grande amigo, com quem eu conversava muito sobre Astronomia dos Povos da Antiguidade, um brilhante aluno, um bolsista PROEX, um filho. É bem verdade que não sabemos o dia exacto que as pessoas nos dirão adeus. Mas sempre imaginamos que esse dia jamais irá chegar. Fica o exemplo de dedicação aos estudos e de paixão pelo Ensino (especialmente o de História). Uma pessoa brilhante, que teve uma passagem meteórica pela Terra.

Pelas redes sociais, a PROEX/UEA e os docentes do CESP/UEA manifestaram suas homenagens ao jovem Léo e prestaram suas condolências. Toda a equipa NEPA está abalada devido a partida prematura do Léo. Todos nós, NEPA, PROEX/UEA, Reitor da UEA – Dr. Cleinaldo Costa – os docentes do CESP/UEA deixamos cá nossos sentimentos aos familiares do Léo, que Deus conforte o coração de todos, incluindo o nosso. E possa nos dar forças para superar este momento. O NEPA, através de seu facebook oficial se pronunciou e está em luto. Esta matéria é uma singela homenagem a você, Léo. Seja onde estiver, receba de todos nós nossos sinceros agradecimentos, por tudo que você representou (e representa) em nossas vidas. Parafraseando Carl Sagan: “Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, foi um imenso prazer para mim dividir um planeta e uma época consigo”. Vá em paz, jovem Léo!

Nélio Sasaki

Núcleo de Ensino e Pesquisa em Astronomia (NEPA)

você pode gostar também