-Publi-A-

Operação “Interior Seguro” cumpre 50 mandados de prisão em Parintins

Policiais do Dernarc realizaram operação nesta manhã para cumprimento de pelo menos 50 mandados de prisão. Foto: Glenda Dinely

Policiais civis e militares cumprem cerca 70 mandados de prisão na Ilha Tupinambarana, de pessoas acusadas de tráfico de drogas, furto, homicídio e roubo

Geandro Soares | Especial 24 horas

Fotos: Glenda Dinely

[email protected]

Parintins (Am) – A Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), por meio do Departamento de Polícia do Interior (DPI), iniciou na manhã desta sexta-feira, 09, no município de Parintins (distante 369 km de Manaus), a Operação ‘Interior Seguro’. Quarenta policiais do Departamento de Investigação Sobre Narcóticos (Denarc) e militares, inclusive homens do grupo Fera, estão cumprindo 50 mandados de prisão na Ilha Tupinambarana, de pessoas acusadas de tráfico de drogas, furto, homicídio e roubo.

Até o momento (15h) seis mandados foram cumpridos, como a prisão do Luiz Mário Martins Figueira, 29, acusado de tráfico de drogas. Na operação também foi preso Jotemar Castro Simões, 29, foragido de Santarém (PA), que não estava na lista. Ele é acusado de roubo e envolvimento com o tráfico de entorpecentes.

Luiz Mário é um dos presos na operação “Interior seguro”. Foto: Glenda Dinely.

“O objetivo do nosso trabalho é trazer segurança para Parintins, tirando de circulação os indivíduos que causam problemas na sociedade, especialmente a questão do tráfico de drogas”, relata o delegado Mariolino Brito, Diretor do DPI.

A Polícia iniciou a operação na manhã desta sexta-feira, 9, e encerra neste fim de semana. Foto: Glenda Dinely

A ‘Interior Seguro’ conta com apoio das polícias Civil e Militar, de Parintins, e não há previsão para encerrar. “Vamos continuar na rua fazendo a operação e não tem hora para acabar. Continuaremos até que o último mandado seja cumprido”, assegura o delegado Adilson Cunha, titular da 3ª Delegacia Interativa de Polícia (3ª Dip), de Parintins.

você pode gostar também