Pacientes com Covid-19 são transferidos em UTI aérea para Manaus

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Parintins (AM) – Após família entrar com ação judicial no Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), dois pacientes com Covid-19 em estado grave foram transferidos em avião de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na noite desta terça-feira, 7, do Hospital Jofre Cohen, referência no tratamento da doença em Parintins, para Manaus. Está previsto para outros dois pacientes serem transferidos para a capital ainda na noite desta terça-feira, 07.

A Justiça de Parintins, em decisão liminar, acatou o Mandado de Segurança (MS) impetrado pelo MPAM, no sábado (4), e determinou, em um prazo de 24 horas, a contar do recebimento da intimação, a remoção em UTI aérea aos quatro pacientes internados no Hospital Jofre Cohen com Covid-19. Os quatro pacientes eram: Waldemiro Azevedo, de 79 anos, Milton Souza Maciel, de 44 anos, Douglas Barbosa, de 60 anos, Sandra de Souza Vieira, de 41 anos, Antônio Andrade Barbosa, de 57 anos e Zenaide Navegantes Dias, de 75 anos.

A diretora do Hospital Jofre Cohen, Joseane Mascarenhas, informou que hoje foram transferidos Waldemiro, que foi intubado e direcionado para o Hospital Delphina Aziz, e Milton que será tratado no Hospital João Lúcio. Ela disse ainda que Milton primeiramente foi conduzido ao Hospital Padre Colombo após sofrer um acidente de trânsito e ter traumatismo craniano, apresentando pneumonia e surto psicótico. Ao ser feito o protocolo de atendimento, ele foi submetido ao exame para Covid-19 na unidade, dando o resultado positivo e por isso foi encaminhado dia 1° julho para o Jofre. Desta forma, a transferência dele se dá mais para tratar o trauma sofrido na cabeça.

Outros dois pacientes positivados que está previsto para serem transferidos para a capital amazonense ainda hoje são a Sandra para fazer um procedimento cirúrgico no pâncreas e um indígena de 15 anos, que não está incluso na ação judicial, que sofreu um acidente e necessita fazer uma cirurgia no abdômen.

Joseane afirma ainda que Antônio Andrade, Zenaide Dias, Douglas Barbosa e mais uma paciente positivada foram transferidos para o Hospital Samel, em Manaus, no domingo (5).

Aflitos com a demora da transferência dos pacientes, alguns familiares se exaltaram, como a neta de Waldemiro, a jovem Caroline Seixas. “Infelizmente, meu avô está dentre os pacientes que ainda não conseguiram transferência, dependendo da atuação estatal. É sabido que esta doença avança com celeridade, especialmente, nos pacientes de grupo de risco, publicou Caroline nas redes sociais no sábado (4).

Joseane destaca que a transferência de pacientes para Manaus não depende da equipe do hospital e sim da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), por meio do Sistema de Transferências de Emergências Reguladas (Sister). “A Susam informou que recebeu a intimação somente ontem e a UTI aérea veio hoje”, falou.

Outro paciente do Jofre positivado para Covid-19 que aguarda remoção para Manaus é o Esmael Melo de Oliveira, 67, que está na Unidade de Tratamento Intensivo ( UTI).

Decisão remoção de pacientes covid 0000868-07.2020.8.04.6301(1) 0000868-07.2020.8.04.6301

Mandado de Segurança- transferencia pacientes com suspeita de COVID

você pode gostar também