-Publi-A-

Padrasto agride crianças e companheira e gera revolta nas redes sociais

Eldiney Alcântara | 24 Horas

[email protected]

Na noite deste domingo, 28, um caso de agressão ganhou as redes sociais. Um homem agrediu sua companheira e os dois filhos dela (2 e 4 anos) no Residencial Vila Cristina, em Parintins. O fato criou repercussão nas redes sociais e revoltou internautas e a comunidade parintinense. Apesar da ampla divulgação na internet, os nomes não puderam ser revelados para proteger a integridade das crianças.

O agressor foi denunciado nas redes sociais e na Delegacias Interativa de Polícia Civil (DIP), no Itaúna II. O Conselho Tutelar atua no caso e ouviu as partes. Na mesma noite, o acusado foi preso e prestou esclarecimentos. As vítimas foram encaminhadas ao hospital Padre Combate para atendimento médico. Elas apresentam escoriações pelo corpo. Fotos foram divulgadas no Facebook e WhatsApp, comprovando as agressões.

De acordo com o conselheiro tutelar, João Maurício Lago, as vítimas recebem acompanhamento de profissionais e entidades especializadas. Elas são assistidas pelo Centro Especializado de Referência da Assistência Social (CREAS). “Vai realizar o exame de corpo delito, tanto ela quanto a criança, outras pessoas que viram, vão ser ouvidas também. Já compete à delegacia pra abertura do inquérito averiguação da situação”, informou.

O conselheiro afirma ainda que o caso segue em investigação na Justiça. “Tanto pela situação da violência doméstica, quanto pela situação da violência contra a criança iremos também dar notícia do fato ao Ministério Público. Fica o chamado aqui aos pais, as mães que tem companheiros ou companheiras, que não gostam dos seus filhos ou esses pais e mães que vivem em conflito constante, que procurem pensar, primeiramente, nos seus filhos, na integridade física, na integridade moral, na integridade mental dos seus filhos e possam tomar postura”, alertou.

Revolta

O caso foi visualizado amplamente na internet e gerou discussão. A internauta Jorlene Serrão se mostrou indignada com o comportamento do padrasto. “E que fique preso por tamanha covardia. Onde já se viu ferir uma criança inocente. E se o relacionamento não deu certo paciência. Separa. E nunca mais chegue perto desse bebê que não tem culpa de ter nascido. Tenho nojo de gente dessa qualidade. E com essa cara de bom moço tem que ficar preso mesmo pra não ferir mais nenhuma moça que não sabe se defender”, disse revoltada.

“Maria da Penha neste covarde. Ele tem que pagar pelo que ele fez com ela e os filhos”, sentenciou Cristiane Santana. Lidiane Gaspar se mostrou surpresa com o crime. Ela também externos nas redes sociais sua indignação. “Que covardia!!! Bater numa criança que nem se defender pode!!! Isso não é pai é um monstro”, disse.

você pode gostar também