Parceria da Prefeitura de Barreirinha com o Dsei Parintins garante mais saúde ao povo Sateré-Mawé

Foto: Divulgação

Barreirinha (AM) – Para maior suporte em saúde à população indígena do rio Andirá, a Prefeitura de Barreirinha e Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Parintins vão ampliar a rede de atendimentos clínicos. Serão disponibilizadas as estruturas das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e do Hospital Coriolano Lindoso Cidade para socorrer pacientes em casos de urgência e emergência registrados nas aldeias do povo Sateré-Mawé.

O acordo foi firmado na quarta-feira (07) pelo coordenador do Dsei Parintins, José Augusto dos Santos, o Nenga, corpo técnico da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e do Hospital Coriolano Lindoso Cidade. A equipe de saúde indígena do Dsei Parintins atuará provisoriamente na UBS Irene Babá, no bairro Ladislau Lucas, que será inaugurada pela Prefeitura de Barreirinha, com a disponibilidade de técnicos em enfermagem e demais profissionais de saúde.

Para o prefeito de Barreirinha, Glenio Seixas, a parceria estabelecida com o Dsei Parintins é muito importante para que a população indígena do Rio Andirá tenha mais acesso à saúde pública. “Temos uma grande responsabilidade com a saúde do povo Sateré-Mawé não somente nesse período de pandemia, como também em outras épocas. Conseguimos proteger as aldeias da proliferação da Covid-19 em mais de seis meses de luta contra essa doença”, afirmou.

você pode gostar também