Parintinense é o novo diretor-presidente do Idam e assume função nesta segunda-feira   

Foto: Arquivo Sepror

O engenheiro agrônomo, Valdenor Pontes Cardoso, o Bolacha, 66 anos, toma posse no Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), hoje (11). O servidor federal aposentado do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) substitui a engenheira agrônoma, Eda Maria Oliva.


A nomeação para o cargo de diretor-presidente do órgão de assistência técnica de extensão rural e florestal, assinada pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, foi publicada no Diário Oficial, na sexta-feira (08). Valdenor Cardoso é Mestre em Extensão Rural pela Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, com Especialização em Agricultura Familiar.

Bolacha ingressou na política como vereador na terra natal, em 1988, e chegou ao mandato de deputado estadual, em 1994, o mais votado em ambos os pleitos. Como servidor federal, atuou na função de fiscal agropecuário federal na Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), do Mapa, no Amazonas, Pará e chefiou o órgão na Amazônia .

Valdenor Cardoso comandou a Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), na gestão do ex-governador José Melo. Bolacha tem conhecimento dos desafios para melhorar a vida de 330 mil produtores rurais do Amazonas. Pelo órgão de assistência técnica de extensão rural e florestal, pretende fortalecer as cadeias produtivas no interior.

você pode gostar também