-Publi-A-

Parintinense escreve poesia em homenagem ao artista Júnior de Souza, vítima da Covid-19

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

O parintinense Vitor Costa, de 56 anos, escreveu uma poesia em homenagem ao artista Júnior de Souza, O Considerado, que faleceu nesta segunda-feira, 1° de março, em Campo Largo, Paraná, vítima da Covid-19. Júnior de Souza teve passagem pelos dois bois Caprichoso e Garantido, sendo reconhecido principalmente por suas alegorias de rituais. O artista lutou mais de um mês contra a doença.

Vitor Costa. Foto: Divulgação.

Confira a homenagem de Vitor Costa, O Poeta Popular, ao Júnior de Souza.

Homenagem ao Considerado
Por: Vitor Costa

O nosso folclore está de luto
A este mago da arte prestamos tributo
Júnior de Souza, o Considerado
Por Garantido e Caprichoso
Sempre será lembrado

Artista que foi capaz
De balançar o Bumbódromo
Com suas alegorias de rituais

E a galera ficava enlouquecida
Quando as alegorias de ferro
Se moviam e ganhavam vida

No seu item jamais foi vencido
Sempre ganhava nota 10
Tanto pelo Caprichoso
Como pelo Garantido

Mostrou que a arte não tem cor
Por onde passava
Sempre trabalhou com amor

Sua obra será imortal
Ajudou a engrandecer
O nosso festival

E nos galpões, nos currais
E nos rituais sagrados
Sempre lembraremos
De Júnior de Souza
O Considerado.

você pode gostar também