-Publi-A-

Parintinenses levam luxo, grandiosidade, movimento e mulher bonita ao carnaval do Rio de Janeiro

Waldir Santana e Maria Azedo com Luiza Brunet na Marquês de Sapucaí.

Hoje seis escolas desfilam na marquês de Sapucaí e todas contam com trabalhos dos artistas de Parintins.

Carlos Alexandre | 24 horas

[email protected]

Rio de Janeiro (RJ) – O Carnaval de São Paulo e Rio de Janeiro não conseguem mais viver sem o talento e o trabalho dos artistas parintinenses. Hoje, quando a primeira escola entrar na avenida muitas energias positivas partirão da ilha localizada no meio da Floresta Amazônica. São os familiares, amigos conhecidos e torcedores de Caprichoso e Garantido que estarão na torcida pelo excelente desempenho das escolas de pintores, escultores, aderecistas, alegoristas que encerram durante o carnaval a maratona na capital Fluminense. Uma das Escolas de Samba que deixou os artistas parintinenses em casa é a Imperatriz Leopoldinense. O Carnavalesco Cahê Rodrigues além de contar com o trabalho de dezenas de artistas da terra de Garantido e Caprichoso ainda levou duas beldades amazônicas para a avenida do Samba. A ex- cunhã Poranga do Caprichoso Maria Azedo e a Rainha do Folclore Brena Dianá. Quem também fará parte da apresentação é o artista Waldir Santana que representará um momento muito especial na avenida como despedida do item pajé do Boi Caprichoso.

Brena Diana com artistas parintinenses na Imperatriz.

Como se estivesse no Festival de Parintins, onde alguns ensaios dos itens, ocorrem dentro dos galpões, Brena Dianá visitou os trabalhadores da terra parintintin. A bela e os artistas transformam a Imperatriz numa das escolas com maior número de ilhéus Tupinambarana na terra do samba.

Sobre a presença de Maria, Waldir e Brena no desfile o carnavalesco da Imperatriz explica: “Cada um terá um lugar de destaque em nosso desfile representando a força indígena brasileira. Para mim um orgulho ter a presença desses artistas incríveis do Festival Folclórico de Parintins em nosso desfile. Sejam bem vindos a nossa Imperatiz”.

Artista João Tatuagem. É parintinense e atualmente mora no Rio de Janeiro.

A Unidos de Vila Isabel tem um artista que mora no Rio de Janeiro desde quando deixou o Festival de Parintins para tentar a vida fora do Amazonas. João Tatuagem é um dos talentos de maior experiência no carnaval carioca. Em conversa com o 24 horas ele informou que mesmo com as dificuldades as escolas se superaram e conseguiram preparar um grande desfile. “Fiquei até vésperas ao Carnaval empenhado em terminar o trabalho pra Vila Isabel, graças a Deus no final tudo deu certo”, informou.

O Parintins 24 horas acompanhou o teste de uma das alegorias enquanto o artista João Tatuagem coordenava a movimentação do carro para o trabalho de revestimento.

Quando a Beija Flor entrar na Avenida com a Virgem dos Lábios de Mel – Iracema, o bairro de Palmares, em Parintins vai explodir de alegria. Lá moram Kenedy Prata, Paulo Pimentel, Aldenilson Pimentel, Ericky Beltrão e Neto Beltrão.

Os dois últimos terão coreografias em parte dos trabalhos da Escola, enquanto que os demais fazem parte da equipe que dá cor e vida aos carros alegóricos juntamente com Ferdinando Carivardo e Roberto Reis.

Reprodução: facebook

 

você pode gostar também