Parintins amplia toque de recolher para 18 horas e alerta para bloqueio total

Foto: Pitter Freitas

Parintins (AM) – O Comitê de Enfrentamento ao Coronavirus de Parintins, em reunião nesta quinta-feira (07), decidiu aumentar o toque de recolher no município a partir de sábado, 09 de maio, começando a partir das 15h até às 6h. Haverá ampliação das fiscalizações ao comércio de produtos não essenciais, com possibilidade de serem lacrados pelos órgãos.

As ações mais restritivas tem como principal objetivo diminuir o crescimento exponencial do novo coronavírus em Parintins. No colegiado estão secretarias municipais, Poder Legislativo, Defensoria Pública, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Ministério Público, entre outras instituições.

A cidade tem acompanhado o número cada vez maior de casos e óbitos diários. Segundo a estatística oficial da Prefeitura de Parintins, no dia 01 de abril eram apenas 03 casos registrados e 01 óbito, sendo que, em pouco mais de um mês depois, estão confirmados 324 casos e 23 mortes.

Segundo o prefeito Bi Garcia, a situação de Parintins está a cada dia mais preocupante, visto que, em apenas uma semana, dobraram os casos da doença. “Vamos ter ainda uma semana para ampliar o toque de recolher com fiscalizações mais duras em comércios que não são essenciais, que estão desobedecendo os decretos municipal e estadual. Vamos lutar, vamos lacrar e não tem jeito. É uma questão de saúde pública. Devemos proteger a população parintinense, mas o povo também precisa ajudar ficando em casa e evitar essa grande contaminação. É o único remédio que nós temos”, ressaltou o prefeito.

Bi Garcia avisou ainda que se em uma semana o município não estabilizar os casos da doença, haverá lockdown, como sugeriu a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM). O decreto será baixado nesta sexta-feira (08) e estará valendo a partir do sábado (09).  O prefeito lamentou que em muitos casos, em Parintins, os filhos contaminam os pais idosos, resultando em muitas mortes.

Também no final de semana já estará valendo as operações no trânsito, a partir das 15 horas, com apreensão de veículos em operação conjunta da Polícia Militar com a Empresa Municipal de Trânsito e Transporte (EMTT).

você pode gostar também